Triunfos de Oliveira na DD2 e de Campo na Master no Troféu Rotax em Braga

- Races
O Rotax Max Challenge Portugal da categoria DD2 (a partir dos 16 anos de idade) e DD2 Master (para pilotos com idade igual ou superior a 32 anos) teve este sábado, no Kartódromo Internacional de Braga, a primeira de duas provas da quinta e última jornada dupla da competição. Guilherme de Oliveira bateu a forte concorrência na categoria DD2, tendo Gonçalo Coutinho e Aleix Navarro completado o pódio. O espanhol Javier Campo bisou na DD2 Master, seguido pelo compatriota Gregorio Jimenez e por Telmo Santos.

Por Ricardo S. Araújo
Fotos Alexandre Araújo/HelloFoto


Reforçado com um forte contingente vindo de Espanha, o pelotão das categorias de caixa de velocidades teve um total de 16 pilotos em Braga. Guilherme de Oliveira (Tonykart) foi o mais rápido na sessão de treinos cronometrados (52,372s) e teve a companhia do espanhol Adrián Romero (Tonykart) na primeira linha da grelha da Final 1, com Gonçalo Coutinho (Praga) e Rufino Esteve (Tonykart) a partirem logo atrás, na segunda linha.

Guilherme de Oliveira

A Final 1, disputada em 15 voltas, foi completamente dominada por Guilherme de Oliveira, que registou a volta mais rápida (52,953s) e terminou com mais de 8,9s de vantagem sobre o espanhol Aleix Navarro (CRG). Gonçalo Coutinho garantiu o 3.º lugar na primeira corrida do dia, a curta distância de Navarro, enquanto o experiente Javier Campo (Tonykart) foi o mais forte da categoria DD2 Master e 4.º classificado da geral. Logo atrás do piloto espanhol terminaram Tomás Ribeiro (Tonykart) e Javier Santos (Exprit), enquanto Gregorio Jimenez (Tonykart) e Telmo Santos (Tonykart) completaram as restantes posições de pódio entre os Master. Registo para os azarados José Barros (EKR), obrigado a desistir à passagem da sexta volta, e António Bravo Lima (Praga), que teve problemas na volta de lançamento.

Javier Campo

Na Final 2, igualmente disputada em 15 voltas, repetiu-se a superioridade de Guilherme de Oliveira, que voltou a ser o mais rápido em pista (53,198s) e triunfou com 8,5s de avanço sobre o espanhol Adrián Romero. Gonçalo Coutinho voltou a discutir os primeiros lugares da geral e terminou no 3.º posto, logo na frente do espanhol Adrián Vidal (Tonykart). José Barros foi autor de uma excelente recuperação de seis lugares, até à 7.º posição final, enquanto Javier Campo repetiu o triunfo entre os Master, desta feita secundado por Gregorio Jimenez e Bravo Lima.

Gonçalo Coutinho, Guilherme de Oliveira e Javier Campo no pódio da DD2

Com o somatório dos resultados nas duas corridas, Guilherme de Oliveira conseguiu uma importante vitória na prova deste sábado, com Gonçalo Coutinho a ser segundo classificado e Javier Campo a vencer entre os Master e a completar as posições do pódio absoluto. Aleix Navarro terminou atrás de Coutinho na DD2, enquanto Gregorio Jimenez e Telmo Santos completaram o top-3 nos Master. Entre os portugueses, Tomás Ribeiro foi 13.º da geral, José Barros foi 14.º e Bravo Lima terminou foi 4.º na DD2 Master.        

Gregorio Jimenez, Javier Campos e Telmo Santos no pódio da DD2 Master

O vencedor do Rotax Max Challenge Portugal 2020 fica apurado para as Finais Mundiais Rotax, que estão agendadas para o Kartódromo Internacional do Algarve (KIA), em Portimão, entre os dias 23 a 30 de janeiro.

Todas as classificações disponíveis em:
http://www.apex-timing.com/goracing/results.php?path=/korridas/2021/braga2&group=14

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter
Follow Us on Facebook