Guilherme de Oliveira garantiu hoje um 10.º lugar na 2.ª manga do Rotax International Trophy

Columns: Races
O piloto português ainda rodou numa outra manga na 9.ª posição da categoria Sénior Max, mas acabou por ser 10.º classificado. Os seus compatriotas estão com algumas dificuldades na competição que está a decorrer no Kartódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

Por Filipe Cairrão
Fotos Alexandre Araújo/HelloFoto


O Rotax Max Challenge International Trophy (RMCIT) 2020 da categoria Sénior Max – que está a ser disputado por 67 concorrentes – prosseguiu hoje no Kartódromo Internacional do Algarve, em Portimão, onde cada piloto teve de disputar duas mangas de qualificação, em mais um dia marcado pela chuva.

Guilherme de Oliveira

Guilherme de Oliveira (Tonykart), que foi ontem 26.º classificado (13.º do seu grupo) nos treinos cronometrados, largou hoje da 14.ª posição na primeira manga que disputou e viu a bandeira xadrez no 8.º lugar entre 34 participantes, mas depois caiu para a 15.ª posição devido a uma penalização, numa corrida em que o vencedor foi o espanhol Louie Westover (Tonykart). Na segunda manga, o piloto de Vila Nova de Gaia rodou na 9.ª posição, mas terminou no 10.º lugar.

Rodrigo Lessa

Rodrigo Lessa (Tonykart) recuperou na primeira manga de qualificação que disputou do 23.º posto para o 21º lugar e na segunda cruzou a meta na 24.ª posição, caindo depois dois lugares, para o 26.º, devido a uma penalização.

Jesse Doorgeest

Jesse Doorgeest (Tonykart) arrancou na primeira manga que disputou da 29.ª posição, mas, à passagem da segunda volta, quando rodava no 13.º lugar, foi forçado a abandonar, enquanto que na segunda recuperou do 29.º posto até à 16.ª posição, mas depois viria a terminar no 18.º lugar, sendo depois relegado para o 23.º posto devido a uma penalização.

Guilherme Lemos

Guilherme Lemos (Praga) partiu da 29.ª posição na primeira manga que disputou e terminou no 32.º lugar. Na segunda manga, o piloto português esteve mais forte ao recuperar até ao 21.º posto.

Bernardo Pinheiro

Bernardo Pinheiro (Tonykart) largou na primeira manga que disputou do 32.º lugar e viu a bandeira xadrez na 28.ª posição, tendo na segunda sido 29.º classificado, sofrendo também uma penalização.

Anastacia Khomyn

A russa Anastacia Khomyn (DR), que corre com licença portuguesa, na primeira manga que disputou arrancou da 31.ª posição e terminou no mesmo lugar, enquanto que na segunda manga foi 32.ª classificada.
O espanhol Louie Westover ainda ganhou mais uma manga de qualificação e nas restantes saíram vitoriosos os britânicos Morgan Porter (Kart Republic) e Clayton Ravenscroft (Kosmic).
Amanhã cada piloto vai disputar a última manga de qualificação de manhã e à tarde a Pré-Final – reservada aos 36 primeiros classificados após as mangas de qualificação –, que determinará a grelha de partida para a Final que se disputará no domingo a partir das 15h33. Os pilotos que não se apurarem para a Final A, irão disputar a Final B marcada para as 10h28 de domingo. 
O vencedor garante o apuramento para as Finais Mundiais Rotax que irão decorrer entre 23 e 30 de janeiro de 2021, precisamente no traçado algarvio.

Created by: fcairrao - 11/12/20

Browse by Columns

RACES

INTERVIEWS

OPINION

NEXT RACES

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter