Afonso Ferreira estreia-se a vencer no Troféu Rotax Micro-Max em Baltar

- Races
O Rotax Max Challenge Portugal da categoria Micro-Max este sábado no Kartódromo de Baltar, palco da quarta jornada dupla. Afonso Ferreira venceu, sendo acompanhado no pódio por João Barros e João Maria Pereira. Na categoria Academy, vitória para Afonso Lopes, que subiu ao pódio acompanhado por Mário Lora e César Maquieira.

Por Ricardo S. Araújo
Fotos Filipe Cairrão Jerónimo


Afonso Ferreira

Rodrigo Seabra (Kart Republic) começou por ser o mais rápido na sessão de treinos cronometrados, com uma volta em 53,666s, tendo Afonso Ferreira (Praga) a seu lado na primeira linha da grelha de partida para a Final 1, Martim Marques (Charles Leclerc) e Ricardo Gonçalves (Tonykart) logo atrás.
Na primeira corrida do dia, disputada em 12 voltas, Martim Marques liderou o aguerrido pelotão da Micro e foi o primeiro a ver a bandeira de xadrez, com 2,1s de vantagem sobre João Barros (Tonykart). Contudo, o jovem piloto de Vila Nova de Gaia viria a ser penalizado em 10 segundos e João Barros conseguiu a sua primeira vitória em corridas do Troféu Rotax, terminando na frente de Afonso Ferreira. Rodrigo Seabra registou a volta mais rápida da corrida (53,620s) e foi o 3.º classificado, enquanto João Maria Pereira (Tonykart), Martim Marques, Pedro Nunes (Kart Republic), David Luís (EKR) e Tomás Lobo (DR) completaram os oito primeiros na Final 1.

Afonso Lopes

Na categoria Academy, para os mais jovens pilotos do Troféu Rotax, Afonso Lopes (Praga) foi o mais rápido nos treinos cronometrados e depois também ganhou a primeira corrida do dia, na frente de Mário Lora (Tonykart) e do espanhol Cesar Maquieira (CRG).
A Final 2, igualmente disputada em 12 voltas, foi altamente disputada e viu Afonso Ferreira, Martim Marques e Rodrigo Seabra passarem pela liderança. Estes três pilotos e João Barros discutiram a vitória até aos últimos metros, com vantagem para Rodrigo Seabra, que terminou na frente de Martim Marques (autor da volta mais rápida, em 53,795s) e de Afonso Ferreira (ler depois mais abaixo). Depois da vitória na Final 1, João Barros garantiu o quarto lugar na derradeira corrida, na frente de David Luís, que fechou o top 5. João Maria Pereira foi o 6.º classificado, seguido por Ricardo Gonçalves (Tonykart), Pedro Nunes e Tomás Lobo. Na Academy, nova vitória para Afonso Lopes, desta vez na frente de Mário Lora e Cesar Maquieira.
Esta foi a história da prova, mas depois o Colégio de Comissários Desportivos entendeu desqualificar Martim Marques do Troféu, alegando o “Artigo 11.9.3. j) do CDI; Anexo B do CDI; Artigo 38.2 j) das PEK2020”, assim como da prova Rodrigo Seabra, alegando “Infração ao Anexo B do CDI e ao Artigo 38.2 j) das PEK2020”. 

João Barros, Afonso Ferreira e João Maria Pereira no pódio da Micro-Max

Assim, no somatório destes resultados, Afonso Ferreira foi o vencedor da prova, sendo acompanhado no pódio por João Barros e João Maria Pereira. David Luís e Pedro Nunes fecharam o top-5. Na categoria Academy, vitória para Afonso Lopes, que subiu ao pódio acompanhado por Mário Lora e César Maquieira.
Recordamos que o vencedor do Rotax Max Challenge Portugal fica apurado para as Finais Mundiais Rotax, que serão disputadas no Kartódromo Internacional do Algarve (KIA), em Portimão, entre 23 e 30 de janeiro de 2021.

Mário Lora, Afonso Lopes e Cesar Maquieira no pódio da Micro-Academy

Todas as classificações disponíveis em:
http://www.apex-timing.com/goracing/results.php?path=/korridas/2020/baltar&group=14
 

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter
Follow Us on Facebook