Manuel Leão fez a festa da Taça de Portugal de Karting na categoria X30 Sénior

Columns: Races
Na Final, Manuel Leão assumiu a liderança na segunda volta e não mais a largou até à bandeira xadrez, festejando assim a sua primeira Taça de Portugal de Karting na categoria X30 Sénior. Guilherme Gusmão e Tomás Caixeirinho completaram o pódio da prova-rainha do karting nacional, disputada em Palmela.

Por Filipe Cairrão e Jorge Cabrita
Foto Alexandre Araújo/Hellofoto
 
A segunda manga de qualificação da Taça de Portugal de Karting Tranquilidade da categoria X30 Sénior foi bem animada. No arranque, Manuel Silva (Kart Republic) assumiu a liderança, enquanto que os titulares da primeira linha, Guilherme de Oliveira (Tonykart) e Guilherme Gusmão (Parolin) atrasaram-se. No final da primeira volta, Manuel Leão (Exprit) passou para o comando e não mais largou até à bandeira xadrez.
Guilherme Gusmão foi segundo classificado, na frente de Lourenço Monteiro (Exprit), enquanto Gabriel Caçoilo (Tonykart) e Rodrigo Lessa (Tonykart) fecharam o top-5. Zdenek Chovanec (Exprit) assinou a volta mais rápida em 58,654s.
 
Face aos resultados das duas mangas, na Final, disputada em 15 voltas, Manuel Leão largou da pole-position, tendo a seu lado Guilherme Gusmão. Da 2ª linha arrancaram Guilherme de Oliveira e Gabriel Caçoilo.
 
Na Final, após o arranque, Manuel Leão foi surpreendido pelo regressado Guilherme Gusmão que assumiu a liderança. No entanto, à segunda volta, Manuel Leão recuperou o comando, desta vez para daí não mais sair e festejar a sua primeira Taça de Portugal de Karting.
Guilherme Gusmão terminou logo a seguir e foi um meritório segundo classificado. Atrás dos dois primeiros a corrida foi intensa, plena de animação e motivos de interesse. Até à conclusão da 12ª volta, Guilherme de Oliveira ocupou a 3ª posição. No entanto, o piloto de Vila Nova de Gaia acabou por se ver envolvido num toque com Gabriel Caçoilo, numa fase em que o piloto de Aveiro vinha a recuperar posições. O resultado final na prova acabou por ser ‘amargo’ para estes dois pilotos, com Guilherme de Oliveira – um dos favoritos à vitória, tendo demonstrado isso mesmo após triunfar na primeira corrida de qualificação – a abandonar e Gabriel Caçoilo a ser desclassificado ao abrigo do artigo 38.2 I do PEK 2019. O mecânico do jovem piloto de Aveiro recusou-se a pesar o kart (pelo facto de estar muito danificado devido a um incidente) e daí ter sido desclassificado.  
Tomás Caixeirinho (Kart Republic) acabou por concluir a prova na terceira posição. A prestação deste jovem piloto foi muito positiva, já que iniciou a corrida no 14º lugar. No entanto, na corrida, quem cortou a linha de meta na terceira posição foi Zdenek Chovanec, mas o piloto venezuelano de origem checa acabaria por ser penalizado em cinco segundos (por danos na carenagem frontal) e caiu para o 7.º lugar.
Boa prestação também de Mariana Machado (Praga). A jovem de Braga assegurou o quarto lugar e na quinta posição, com a volta mais rápida (50,757s), terminou o espanhol Álvaro Garcia (Tonykart). Manuel Silva (Kart Republic) foi 6º, seguido de Chovanec, Lourenço Monteiro (Exprit), Rodrigo Lessa (Tonykart) e Jesse Doorgeest (Tonykart) que fechou o top-10.
Luís Caetano (Mad Croc), com penalização de cinco segundos, foi 11.º classificado, na frente de Noah da Silva (DR), Tomás Guedes (DR), com penalização de cinco segundos, Christian Dominguez (CRG), Dennis Oliveira (Tonykart), David Represas (CRG) e Guilherme de Oliveira (Tonykart).

Guilherme Gusmão, Manuel Leão, Mariana Machado e Tomás Caixeirinho

Created by: fcairrao - 04/11/19

Browse by Columns

RACES

INTERVIEWS

OPINION

NEXT RACES

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter