Salvador Trindade garante histórico 3.º lugar na Final do Mundial Rotax Micro-Max

- Races

Por Filipe Cairrão
   
Salvador Trindade garantiu hoje um histórico 3.º lugar na Final da 20.ª edição das Rotax Max Challenge Grand Finals da categoria Micro-Max, disputada por 36 pilotos, no Circuito Internacional de Nápoles, em Itália.
O piloto de Vila Nova de Paiva arrancou da 28.ª posição e logo na primeira volta recuperou 10 lugares. A partir daí, Salvador Trindade esteve sempre muito forte e ainda recuperou mais 13 posições, terminando no 5.º posto – com a volta mais rápida em 1m08,872s –, colado ao australiano Jay Urwin e ao britânico Macauley Bishop.
O lituano Dovydas Gudelevicius e o polaco Juliusz Ociepa que, respetivamente, cruzaram a meta nas primeiras duas posições foram penalizados, tendo assim Salvador Trindade garantido o terceiro lugar do pódio, enquanto a vitória ficou na posse do australiano Jay Urwin e o britânico Macauley Bishop festejou a segunda posição (os três pilotos ficaram separados por 82 milésimos!).
Recordamos que Salvador Trindade arrancou ontem da 4.ª posição na Pré-Final e manteve-se até à última volta no grupo que discutia os primeiros lugares. Contudo, a três curvas para o final da corrida, um incidente fez com que Salvador Trindade fosse forçado a sair de pista e a concluir as 8 voltas ao traçado transalpino na 31.ª posição, sendo depois 28.º classificado devido a penalizações atribuídas a 8 pilotos. Um desfecho inglório para o jovem piloto português que venceu a segunda manga de qualificação e, por isso mesmo, era um dos favoritos ao título. Hoje, confirmou isso mesmo.
Christian Costoya – piloto espanhol que ganhou o Rotax Max Challenge Portugal da categoria Micro-Max em 2018 e 2019 – arrancou da 20.ª posição, recuperou dois lugares, mas depois caiu para a 32.ª posição, vindo, contudo, a terminar no 22.º.

 

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter
Follow Us on Facebook