Miguel Silva garante lugar mais do alto pódio no início do Troféu Rotax Júnior

Columns: Races

Por Filipe Cairrão e Ricardo S. Araújo
Fotos Alexandre Araújo/HelloFoto
 
O Troféu Rotax 2019 arrancou hoje no Kartódromo Internacional de Palmela, com a realização da primeira jornada dupla, sob a organização do Motorsport Viana Clube, competição que apura o vencedor de cada categoria para as Finais Mundiais Rotax, que este ano serão disputadas no Circuito Internacional de Nápoles, em Itália, entre 19 e 26 de outubro.
Face ao ano anterior, existiram mudanças quanto à fórmula de competição, passando a disputar-se uma prova no sábado (duas finais) e outra no domingo, com os respetivos pódios a realizarem-se no final de cada dia.
Na categoria Júnior, Miguel Silva, com chassis Praga, foi o mais rápido nos treinos cronometrados com a marca 51,625s e garantiu a pole-position para a Final 1, tendo a seu lado na grelha de partida Diogo Martins (Tonykart) que ficou apenas a 0,094s do melhor tempo. Da segunda linha, largou Tomás Ribeiro (Birel ART) e Pedro Perino (Tonykart).
Na Final 1, Miguel Silva largou então da pole-position e não mais a largou até final, tendo como adversário mais próximo Diogo Martins, que assinou a volta mais rápida em 51,827s. Tomás Ribeiro garantiu a terceira posição, enquanto Pedro Perino – que na volta inaugural esteve em segundo –, foi quarto classificado.
José Barros (Kosmic) fechou o top-5, na frente de Duarte Pinto Coelho (Tonykart) e de Matilde Ferreira (Praga), pilotos que deram muita luta ao piloto portuense.
Pedro Pinto Soares (Tonykart) foi oitavo classificado após duelo com Francisco Serôdio (Exprit) e Diogo Faria (Tonykart) encerrou o top-10, na frente de Gonçalo Moura (Tonykart), Carolina Trindade (Birel ART) e José Almeida (Tonykart). 
Na Final 2, também disputada em 15 voltas, Miguel Silva voltou a arrancar da pole-position, mas Tomás Ribeiro assumiu logo a liderança e manteve-a até final, resistindo aos ataques de Miguel Silva que foi segundo classificado.
Diogo Martins, que rubricou novamente a volta mais rápida em 51,972s, levou a melhor na luta pelo terceiro lugar com José Barros, sendo o piloto do Porto o quarto posicionado.
Duarte Pinto Coelho encerrou o top-5, terminando logo a seguir Pedro Perino e Matilde Ferreira. Diogo Faria foi oitavo classificado, na frente de Gonçalo Moura e José Almeida. Francisco Serôdio e Carolina Trindade foram forçados a abandonar à passagem da sexta volta, tendo pior sorte Pedro Pinto Soares que foi obrigado a desistir após a segunda volta.
No somatório dos resultados das duas Finais, Miguel Silva triunfou ‘em casa’, enquanto Tomás Ribeiro e Diogo Martins completaram o pódio. José Barros e Pedro Perino foram os quarto e quinto classificados, respetivamente, na frente de Duarte Pinto Coelho, Matilde Ferreira, Diogo Faria, Gonçalo Moura e José Almeida que fecharam, por esta ordem, o top-10.
Pedro Pinto Soares terminou na 11.ª posição, seguindo-se Francisco Serôdio e Carolina Trindade.

Created by: fcairrao - 23/03/19

Browse by Columns

RACES

INTERVIEWS

OPINION

NEXT RACES

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter