Joel Magalhães, Manuel Ramos, Miguel Ramos e Rodrigo Ferreira vencem nas ‘Shifter’

Columns: Races

Por Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

 

No Open de Portugal de Karting, disputado no Kartódromo de Viana do Castelo, com a organização a cargo do Clube Automóvel do Minho, as categorias X30 Shifter e X30 Super Shifter partilharam a mesma grelha, contemplando as seguintes classes: Júnior (dos 15 aos 18 anos de idade), Sénior (dos 18 aos 32), Master (dos 32 aos 45) e Gentleman (com mais de 45 anos).

Nos treinos cronometrados, Hugo Marreiros (DR) foi o mais rápido na Shifter Sénior (43,049), Rodrigo Ferreira (Praga) na Júnior (43,270s), enquanto Joel Magalhães (BirelArt) foi o mais lesto na Super Shifter Master (43,317s) e Ilídio Fernandes (Sodikart) na Super Shifter Gentleman.

Nas duas mangas de qualificação, vitórias para Rodrigo Ferreira na Shifter Júnior, Tiago Teixeira (Birel Art) na Sénior, Joel Magalhães na Master e Ilídio Fernandes na Gentleman. Na segunda manga de qualificação, Ferreira, Teixeira e Fernandes voltaram a triunfar e na Sénior estreou-se Miguel Ramos (CRG).

Na Final, disputada em 15 voltas ao traçado vianense de 1107 metros, Miguel Ramos, que assumiu a quinta posição na grelha de partida, com um arranque-canhão assumiu a liderança e não mais a largou até final, festejando assim a vitória na categoria X30 Shifter Sénior.

Na segunda posição, e sempre a pressionar Ramos, terminou Joel Magalhães, suficiente para vencer a categoria X30 Super Shifter Master. Tiago Teixeira foi terceiro à geral, seguido de Hugo Marreiros (segundo e terceiro classificados, respetivamente na X30 Shifter Sénior), enquanto João Barros (BirelArt) e Diogo Teixeira (maranello) foram os foi os quinto e sexto posicionados à geral e completaram o pódio da X30 Super Shifter Master.

Pedro Oliveira (Kosmic) cruzou a meta no sétimo posto e foi quarto na Master, seguindo-se Rodrigo Ferreira – vencedor na X30 Shifter Júnior e autor da volta mais rápida à geral em 43,537s –, piloto do Porto que se viu impossibilitado de lutar pelos lugares frente depois de um incidente com Paulo Martins (Sodikart), tendo este acabado por ser forçado a abandonar.

João Cunha (Sodikart) terminou na nona posição e fechou o top-5 da Master, enquanto Manuel Ramos (CRG) encerrou o top-10 à geral e triunfou na categoria X30 Super Shifter Gentleman.

Apontado como principal favorito na Gentleman, Ilídio Fernandes foi inglório no último terceiro da corrida, sendo forçado a abandonar quando era sexto posicionado à geral, depois de um despiste no final da reta da meta.

Como curiosidade, o último Open de Portugal foi disputado em 2007 e na categoria Livre 125, equivalente às atuais categorias com caixa de velocidade, venceu João Barros, seguindo do seu irmão Elias e de Luís Santos.

Created by: fcairrao - 19/03/18

Browse by Columns

RACES

INTERVIEWS

OPINION

NEXT RACES

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter