Guilherme de Oliveira triunfa no Open de Portugal Karting na categoria Júnior

Columns: Races

Por Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

 

O Open de Portugal Karting da categoria X30 Júnior, disputado este fim de semana, no Kartódromo de Viana do Castelo, sob a organização do Clube Automóvel do Minho (CAM), contou com um bom número participantes, pelo que se prevê uma época bem promissora onde alinham pilotos com idades entre os 12 e os 15 anos.

Guilherme de Oliveira (Tonykart) começou por estabelecer o melhor tempo nos treinos cronometrados, rodando em 45,943s. O piloto de Vila Nova de Gaia, campeão nacional em título e vencedor do Rotax Max Challenge Portugal em 2017, triunfou nas duas mangas de qualificação. Na primeira manga, Guilherme de Oliveira ficou na frente de Afonso Ferreira (Tonykart) e Rodrigo Leitão (Tonykart), enquanto na segunda manga terminou na frente de Luís Alves (Sodikart) e Afonso Ferreira (Tonykart).

Largando da pole-position para a Final, Guilherme de Oliveira era naturalmente o favorito à conquista do Open de Portugal mas a corrida decisiva foi bem mais emotiva do que as mangas de qualificação.

Afonso Ferreira – vencedor da Taça de Portugal em 2017 – esteve à altura do desafio e passou pela liderança da Final, encetando um excelente duelo com Guilherme de Oliveira. Estes dois pilotos protagonizaram excelentes (e leais) ultrapassagens até à manobra decisiva, a quatro voltas do final, quando Guilherme de Oliveira conseguiu passar em definitivo para o comando da corrida. O piloto gaiense, que esta época já alinhou na prova de abertura do Campeonato de Espanha de Karting e que no próximo fim de semana vai disputar a ronda inaugural do Troféu Ibérico Rotax, começou a sua época nacional com a conquista do Open, com Afonso Ferreira a ocupar o lugar intermédio do pódio. Rodrigo Leitão (Tonykart), que rodou sempre no terceiro lugar, também subiu ao pódio na Final, já depois de ter sido terceiro e quarto classificado nas mangas de qualificação.

João Mendes (Sodikart) – filho do campeão nacional X30 Super Shifter Master, Vítor Mendes – foi o quarto posicionado, na frente de Luís Leão (FA) e de Pedro Perino (Tonykart), que também se destacaram-se nas mangas de qualificação.

Luís Alves (Sodikart), outro dos naturais candidatos aos primeiros lugares nesta categoria, esteve algo azarado Viana do Castelo – numa das mangas um toque forçou-o abandonar –, pelo que terminou a Final minhota no sétimo lugar… depois de ter sido segundo classificado na derradeira manga de qualificação. Seguiram-se Rodrigo Lessa (Tonykart) – sobrinho do ex-campeão nacional João Barros –, Santiago Ribeiro (Birel ART), Gustavo Francisco (CRG), Manuel Soares (FA), Diogo Martins (Birel ART) e o checo Zdenek Chovanec (Tonykart), forçado a abandonar à 13ª das 17 voltas, mas ainda assim conseguiu rubricar a volta mais rápida.

A título de curiosidade, no Open de Portugal de Karting de 2007, ao qual se seguiu um interregno de 11 anos, o pódio da categoria Júnior tinha sido composto por André Costa, João Correia e Ruben Jorge.

Created by: fcairrao - 19/03/18

Browse by Columns

RACES

INTERVIEWS

OPINION

NEXT RACES

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter