Guilherme de Oliveira honroso 7º classificado na Copa Mojo 2016 da categoria Mini-Max

Columns: Races

Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

 

Entre 30 pilotos, Guilherme de Oliveira concluiu a edição 2016 da tradicional Copa Mojo num positivo 7º lugar, após a realização da última prova, este fim de semana, na pista espanhola de Alcañiz, integrado no moderno Complexo de Motorland, em Aragón.

O piloto de Vila Nova de Gaia, recentemente coroado com a conquista da Taça de Portugal na categoria Juvenil, que se apresentou no pais vizinho com legitimidade para, no mínimo, alcançar um lugar no pódio, já que à partida para esta prova era 5º classificado, ficou impedido de disputar a Final 1, dado que o piloto que largou da primeira linha – Mary Boya, campeão de Espanha – ficou parado na partida e obrigou Guilherme de Oliveira a ficar ‘preso’ no pelotão, tendo depois um adversário passado por cima do seu kart, incidente que fez com que partisse o escape do seu kart equipado com chassis FA.

Na Final 2, Guilherme de Oliveira quando estava na terceira posição e a lutar pela vitória, viu outro concorrente, com um toque, a força-lo a ir à gravilha, perdendo muito tempo com o incidente, tendo, no entanto, recuperado até ao 7º lugar. Mesmo assim, perante uma extensa e forte concorrência, o jovem português terminou a edição 2016 da mediática Copa Mojo na 7ª posição, em igualdade pontual com o 6º posicionado – Feliz Aparício –, sendo, naturalmente, um resultado honroso quer para Guilherme de Oliveira que Portugal.

 

Afonso Ferreira garante top-10

 

Igualmente com legítimas aspirações para garantir uma boa classificação na Copa Mojo 2016 estava Afonso Ferreira (BirelArt) que se apresentou em Motorland no 8º lugar da extensa tabela classificativa.

Contudo, o piloto bracarense, sublinhou à Vroom Portugal que contou com um Kart pouco colaborante – para além de ter sofrido alguns toques –, daí ter concluído a ronda de Alcañiz na 17ª posição. Apesar da sorte não ter acompanhado Afonso Ferreira, conseguiu, ainda assim, em virtude dos resultados que alcançou na prova anterior em Zuera, encerrar o top-10 da Copa Mojo 2016, cujo vencedor foi o madrileno Daniel Nogales (BirelArt) que nesta prova somou uma vitória e um quinto lugar.

Quem subiu ao lugar mais alto do pódio em Alcañiz foi Hugo Lopez (BirelArt) que garantiu a segunda posição na Final 1 e bateu toda a concorrência na Final 2.

Created by: fcairrao - 02/08/16

Browse by Columns

RACES

INTERVIEWS

OPINION

NEXT RACES

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter