Gonçalo Coutinho rodou nos lugares da frente na Copa Inverno Rotax em Zuera

Columns: Races
Mais de 100 pilotos disputaram a Copa de Inverno Rotax, em Espanha, no Circuito Internacional de Zuera, sob a organização da Korridas e Kompanhia e da Federação de Aragón. Gonçalo Coutinho, que faz a sua estreia na categoria Júnior, conseguiu rodar nos lugares da frente, mas um toque obrigou a terminar na 15ª posição.



Na segunda prova em que alinhou este ano na categoria Júnior, na qual se estreia esta época, Gonçalo Coutinho (268) – que em 2014 venceu a categoria Mini-Max do Troféu Rotax em Portugal –, não se deixou intimidar com o forte e extenso pelotão de 27 pilotos.
O piloto do Porto, que alinha com um kart equipado com chassis FA pelo Cabo do Mundo Karteam e que no país vizinho tem o apoio da equipa espanhola Arakart – onde alinhou José Pedro Faria em 2013 e que este ano também irá apoiar o português Tiago da Silva, igualmente do Cabo do Mundo Karteam – terminou a competição no 15º lugar, mas nas duas Finais que compunham a prova rodou nos lugares da frente.
Nos treinos cronometrados, em que o valenciano Carlos Saval (260), com chassis FA da AVF Junior, assinou a melhor marca em 1m05,093s, Coutinho não foi além do 17º melhor tempo.

Mas apesar de largar da 17ª posição, o piloto portuense rapidamente passou para a 10º lugar e chegou a rodar na quarta posição, tendo depois terminado as 15 voltas ao traçado de Zuera no oitavo lugar, numa corrida em que foram vários os pilotos a passar pela liderança. A vitória sorriu a Aitor Solozábal (209), da equipa Kids to Win e que atua com chassis Tonykart, mas teve de resistir às investidas do colega de equipa, o catalão Iván Pareras, que viu a bandeira xadrez no segundo lugar, a 58 milésimas de segundo de Solozával, enquanto o madrileno Alejandro Schimpf (DR) da formação RAC Guadalope, foi terceiro clasificado, à frente do irmão Adrian (DR) e do valenciano Ruben Sabater (FA), que se estreia também este ano na categoría Júnior.

Na Final 2,  Gonçalo Coutinho, numa altura em que rodava na oitava posição, sofreu um toque que o fez cair para o 27º lugar, tendo depois recuperado até ao 22º posto. O catalão Lluc Ibáñez (215), da Binakart, com chassis Kosmic, foi o primeiro a ver a bandera xadrez, à frente de Sabater, enquanto Solozábal garantiu o terceiro lugar, resultado suficiente para vencer a edição 2015 da Copa de Inverno Rotax, tendo os restantes lugares do pódio sido preenchidos por Sabater e Pareras. O catalão Lisard Santos (LH), da Scuderia Rotax, e Ibañez encerraram o top-5.

Texto Filipe Cairrão
Fotos VVL Sport Image

Created by: fcairrao - 10/03/15

Browse by Columns

RACES

INTERVIEWS

OPINION

NEXT RACES

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter