Miguel Couteiro impõe-se na Taça de Portugal de Karting da categoria Juvenil

- Races
Depois de arrancar do terceiro lugar da grelha de partida na Final, Miguel Couteiro correu para uma fantástica vitória na Taça de Portugal de Karting Tranquilidade da categoria Juvenil. Diogo Castro e Manuel dos Santos também estiverem fortes e completaram o pódio da prova-rainha do Karting nacional disputada em Palmela.

Por Filipe Cairrão e Jorge Cabrita
Foto Filipe Cairrão Jerónimo
 
José Pinheiro (Praga) venceu a segunda manga de qualificação da Taça de Portugal de Karting Tranquilidade da categoria Juvenil. O piloto de Guimarães – autor da volta mais rápida (1m11,353s) – assumiu a liderança da corrida à 2ª volta, superando Manuel dos Santos (Parolin) que havia sido o melhor no arranque para a prova de 10 voltas, mas terminou a corrida num positivo segundo lugar. Diogo Castro (FK) ficou com a 3ª posição, lugar que ocupou até à 3ª volta, quando foi superado por Adrián Malheiro (Praga), que havia largado da pole position. No entanto, após a corrida, Malheiro foi penalizado vindo a cair para o 5º lugar, atrás de Miguel Couteiro (Parolin).
 
Face aos resultados das duas mangas, na Final disputada em 13 voltas, Adrián Malheiro largou da pole-position, tendo a seu lado José Pinheiro. Da 2ª linha arrancaram Miguel Couteiro e Diogo Castro.
 
Após a partida, Adrián Malheiro liderou a primeira volta, sendo na seguinte superado por Miguel Couteiro, que não mais saiu da condição de líder, para arrecadar uma saborosa vitória na 38ª edição da Taça de Portugal de Karting e ainda com a volta mais rápida (56,074s).
Diogo Castro foi o 2º classificado na categoria nesta edição da Taça de Portugal. O piloto de Lisboa assumiu a 2ª posição à terceira volta, superando Adrián Malheiro, que à 4ª passagem pela linha de meta era também ultrapassado por Manuel dos Santos, que com uma prestação convincente garantiu um merecido terceiro lugar do pódio.
Adrián Malheiro continuou a 'sofrer' nas voltas seguintes – devido à aposta em pneus de chuva –, caindo à 4ª volta para sexto, sendo superado por Rodrigo Ferreira (Tonykart) e Henrique Oliveira (FA). Também com uma Final sofrida esteve José Pinheiro. O piloto vimaranense arrancou na 2ª posição, mas também foi um dos que arriscou largar com pneus de chuva. Com a pista a secar, foi perdendo lugares no decurso das três primeiras voltas, até terminar no 9º lugar. Mas outros houve que apostaram em pneus de chuva e no fim da prova, do 7º ao 10º lugar ficaram Pedro Barbosa (Tonykart), Francisco Neves (Tonykart), José Pinheiro (Praga) e Rodrigo Vilaça (FA). Martim Hatzakis (DR) não alinhou para a Final e Yllenia Sendon (CRG) viria a ser desclassificado.

Diogo Castro, Miguel Couteiro, Yllenia Sendon e Manuel dos Santos.

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter
Follow Us on Facebook