Gabriel Caçoilo alcança primeira vitória no Troféu Rotax Sénior em Baltar

- Races

Por Filipe Cairrão e Ricardo S. Araújo
Fotos Alexandre Araújo/HelloFoto e Filipe Cairrão Jerónimo

A terceira jornada dupla do Troféu Rotax 2019 arrancou este sábado no Kartódromo de Baltar, sob a organização do Motorsport Viana Clube. A competição, como habitualmente, apurará o representante nacional de cada categoria nas Finais Mundiais Rotax, que este ano serão disputadas no Circuito Internacional de Nápoles, em Itália, entre 19 e 26 de outubro.
Depois das duas primeiras jornadas duplas, em Palmela e Viana do Castelo, Guilherme de Oliveira era o líder da categoria Sénior Max, com a pontuação máxima, 440 pontos, logo seguido pelo holandês Jesse Doorgeest (402 pontos), por Diogo Marques (388), Gabriel Caçoilo (388) e Manuel Alves (386).
Em Baltar, Gabriel Caçoilo (FA) começou por ser o mais rápido na sessão de treinos cronometrados, com uma volta em 47,210s, tendo Guilherme de Oliveira (Tonykart) a seu lado na primeira linha da grelha, com Diogo Marques (Tonykart) e Miguel Corsino (Exprit) a partirem da segunda linha.
Na Final 1, disputada em 15 voltas ao traçado de 1.020 metros, Guilherme de Oliveira assumiu o comando logo na fase inicial e nunca mais perdeu essa posição. O jovem piloto de Vila Nova de Gaia, campeão em título da categoria Júnior, venceu com 1,356s de vantagem sobre o autor da pole position, Gabriel Caçoilo, que rodou isolado na segunda posição durante toda a corrida, registando a volta mais rápida da Final 1 (47,789s). Mais atrás, Diogo Marques, Miguel Corsino e Manuel Alves (Tonykart) discutiram o derradeiro lugar do pódio e terminaram por esta ordem, com Jesse Doorgeest (Tonykart) a começar o fim de semana com o 6.º posto na corrida inaugural.
O madeirense João Bazenga (Exprit) foi um tranquilo 7.º classificado, na frente de Tomás Guedes (DR), Dennis Oliveira (Tonykart) e Alexandre Almeida (Tonykart).
Na Final 2, Gabriel Caçoilo voltou a largar da pole position mas desta vez o jovem piloto de Aveiro conseguiu manter-se na frente do pelotão na fase inicial. Caçoilo abriu depois uma pequena mas importante vantagem sobre Guilherme de Oliveira, que viria a gerir nas últimas voltas para ganhar a segunda corrida de Balta, garantindo nova volta mais rápida (48,141s). Guilherme de Oliveira ultrapassou Manuel Alves na terceira volta e depois manteve-se sempre como principal perseguidor de Gabriel Caçoilo, terminando a 1,792s do vencedor. Por sua vez, Manuel Alves garantiu o derradeiro lugar do pódio na Final 2, sustendo a pressão de Miguel Corsino, que terminou a apenas 0,2s do jovem piloto da Trofa. Diogo Marques foi desta feita o 5.º classificado, o holandês Jesse Doorgest repetiu o 6.º lugar da Final 1, o mesmo acontecendo com João Bazenga (7.º). Seguiram-se Alexandre Almeida, Dennis Oliveira, Tomás Guedes e Leonardo Guimarães.
No somatório dos resultados das duas Finais, Gabriel Caçoilo e Guilherme de Oliveira terminaram a prova com os mesmos 107 pontos, mas o piloto de Aveiro assegurou a primeira posição, pelo facto de ter feito a pole position nos treinos cronometrados. Diogo Marques, Miguel Corsino e Manuel Alves terminaram por esta ordem, todos com 98 pontos. O holandês Jesse Doorgeest foi o 6.º classificado final em Baltar, na frente de João Bazenga, Alexandre Almeida, Tomás Guedes, Dennis Oliveira e Leonardo Guimarães.
Amanhã, entre as 08h20 e as 16h10 cumpre-se o segundo dia desta terceira jornada dupla do Rotax Max Challenge Portugal 2019.
 
Todas as classificações em:
http://www.apex-timing.com/goracing/results.php?path=/korridas/2019/baltar/

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter
Follow Us on Facebook