Duarte Pinto Coelho estreia-se a vencer no Troféu Rotax Júnior em Baltar

- Races

Por Filipe Cairrão e Ricardo S. Araújo
Fotos Alexandre Araújo/HelloFoto e Filipe Cairrão Jerónimo
 
O Rotax Max Challenge Portugal 2019 da categoria Júnior está a cumprir a terceira jornada dupla no Kartódromo de Baltar, sob a organização do Motorsport Viana Clube, competição que apura o vencedor de cada categoria para as Finais Mundiais Rotax, que este ano serão disputadas no Circuito Internacional de Nápoles, em Itália, entre 19 e 26 de outubro.
Depois das duas primeiras rondas em Palmela e Viana do Castelo, Tomás Ribeiro ao circuito do concelho de Paredes na liderança com 410 pontos, seguindo-se Pedro Perino (393), Duarte Pinto Coelho (390), Matilde Ferreira (373) e Miguel Silva (366) no top-5.
Miguel Silva (Praga) chegou ao traçado minhoto na liderança com 209 pontos, seguindo-se Tomás Ribeiro (Birel ART) com 206 e Pedro Perino (Tonykart) com 200, respetivamente.  
Duarte Pinto Coelho, com chassis Tonykart, foi o mais rápido nos treinos cronometrados com a marca de 48,994s aos 1020 metros da pista nortenha e garantiu a pole-position para a Final 1, tendo a seu lado na grelha de partida Ivan Domingues (Madcroc). Da segunda linha, largaram José Barros (Kosmic) e Miguel Silva (Praga).
Na Final 1, Duarte Pinto Coelho largou da pole-position e cedo se ‘despediu’ da concorrência para obter uma vitória clara.
A luta pela segunda posição passou a ser o principal motivo de interesse, tendo Miguel Silva – com a volta mais rápida em 49,403s – acabado por levar a melhor sobre Ivan Domingues e Tomás Ribeiro (Birel ART), os terceiro e quarto posicionados, respetivamente, enquanto Diogo Martins (Tonykart), que também fez uma boa corrida, fechou o top-5.
Matilde Ferreira (Praga) cruzou a meta logo a seguir na sexta posição, na frente de Francisco Serôdio (Exprit) e Pedro Perino (Tonykart) – penalizado em cinco segundos –, pilotos que rodaram muito próximos. Diogo Faria (Tonykart) foi nono classificado e Tomás Rodrigues (Sodi) encerrou o top-10, seguindo-se José Barros (Kosmic), Pedro Pinto Soares (Tonykart), José Almeida (Tonykart), Diego Frutuoso (Tonykart) – penalizado em cinco segundos –, enquanto Gonçalo Moura (Tonykart) foi forçado a desistir à passagem da 10.ª volta.
Na Final 2, também disputada em 15 voltas, foi José Barros – que rubricou a segunda volta mais rápida nos ‘cronos’ – quem arrancou da pole-position com Duarte Pinto Coelho a seu lado, enquanto da segunda linha largaram Ivan Domingues e Miguel Silva.
O piloto de Porto liderou até à sexta volta, altura em que Ivan Domingues passou para o comando e não mais o largou até final. José Barros garantiu o segundo lugar, terminando logo a seguir Duarte Pinto Coelho, Tomás Ribeiro, Pedro Perino e Diogo Martins, pilotos que estiveram muito fortes e completaram o top-6, respetivamente.
Francisco Serôdio foi sétimo classificado, na frente de Tomás Rodrigues, Matilde Ferreira e Diogo Faria que fechou o top-10.
Miguel Silva que na sexta volta era segundo classificado, caiu para a 15.ª posição, recuperando depois até ao 11.º lugar, tendo novamente rubricado a melhor volta com o tempo de 49,625s.
Gonçalo Moura terminou na 12.ª posição, seguindo-se Pedro Pinto Soares, Diego Frutuoso e José Almeida.
No somatório dos resultados das duas Finais, Duarte Pinto Coelho venceu o primeiro dia desta terceira jornada dupla, enquanto Ivan Domingues e Tomás Ribeiro completaram o pódio.
Diogo Martins e José Barros fecharam o top-5, respetivamente, na frente de Miguel Silva, Pedro Perino, Francisco Serôdio, Matilde Ferreira e Tomás Rodrigues que encerrou o top-10.
Diogo Faria foi 11.º classificado, Pedro Pinto Soares, Gonçalo Moura, Diego Frutuoso e José Almeida.     
Amanhã, entre as 08h20 e as 16h25 cumpre-se o segundo dia desta segunda jornada dupla do Rotax Max Challenge Portugal 2019.
 
Todas as classificações em:
http://www.apex-timing.com/goracing/results.php?path=/korridas/2019/baltar/

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter
Follow Us on Facebook