RMCP 3: Guilherme de Oliveira mais líder na Júnior… Tomás Ribeiro muito forte

- Races

Mariana Machado e Rúben Silva completaram o pódio da prova de Baltar.

 

Por Filipe Cairrão

Fotos José Lourenço

 

A terceira prova do Rotax Max Challenge Portugal foi disputada no Kartódromo de Baltar, num evento que sucedeu às rondas em Palmela e Viana do Castelo. Na categoria Júnior (para pilotos entre os 12 e os 14 anos idade), Guilherme de Oliveira (Tonykart) era o líder da competição à chegada a Baltar, tendo acumulado a pontuação máxima (220 pontos) nas duas primeiras provas da época.

O segundo classificado do troféu, Tomás Ribeiro (Tonykart), começou por estabelecer a pole-position nos treinos cronometrados, ao rodar em 48,883s na sua melhor volta, tendo Guilherme de Oliveira a seu lado na primeira fila da grelha. Na Final 1, o jovem piloto de Fafe aproveitou para largar na frente e nunca mais abandonou essa posição, liderando um quinteto onde também estavam Guilherme de Oliveira (autor da volta mais rápida, em 48,838s), Ruben Silva (CRG), Mariana Machado (Praga) e Gabriel Caçoilo (FA). Contudo, Tomás Ribeiro viria a ser desclassificado pelo Colégio de Comissários Desportivos, por irregularidade técnica no seu kart, com Guilherme de Oliveira a subir ao lugar mais alto do pódio.

Pedro Perino (Tonykart) rodou toda a corrida no sexto lugar mas viria a ser penalizado em três segundos, por saída parcial dos corredores de partida, tal como Miguel Corsino (Exprit). A correr em ‘casa’, Rodrigo Lessa (Tonykart) foi quinto classificado, seguido de Perino, Corsino e de Alexandre Almeida (Tonykart).

Na Final 2, Tomás Ribeiro ‘vingou-se’ do resultado da primeira corrida e controlou as operações da primeira à última volta, sempre com Guilherme de Oliveira a curta distância. Um resultado que confirmou a rapidez e o talento do jovem piloto minhoto, embora Guilherme de Oliveira tenha sido o vencedor da terceira prova da época, reforçando a liderança no troféu.

Mariana Machado esteve em bom plano e liderou o segundo grupo da Final 2, onde também estavam Gabriel Caçoilo e Pedro Perino, com a piloto de Vila Verde a averbar ainda a volta mais rápida da corrida (48,919s).

Ruben Silva foi desta vez sexto classificado, logo na frente de Miguel Corsino, enquanto Rodrigo Lessa foi oitavo na Final 2, seguido de Alexandre Almeida.

Com estes resultados, Guilherme de Oliveira subiu ao lugar mais alto do pódio de Baltar, sendo acompanhado por Mariana Machado e Ruben Silva.

O Rotax Max Challenge Portugal regressa no dia 9 de setembro, com a realização da quarta e penúltima prova, no Kartódromo Internacional de Braga.

 

Todas as classificações em:

http://www.apex-timing.com/goracing/results.php?path=/korridas/2018/baltar/

Newsletter

Stay tuned!
Assine a nossa newsletter
Follow Us on Facebook