KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Guilherme de Oliveira 13º na categoria Júnior do ‘Mundial Rotax’ em Portimão

Guilherme de Oliveira 13º na categoria Júnior do ‘Mundial Rotax’ em Portimão
Races

Texto Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

 

Na 18ª edição das Rotax Max Challenge Grand Finals – vulgo Finais Mundiais Rotax –, que está decorrer desde segunda-feira, no Kartódromo Internacional do Algarve (KIA), em Portimão, e que se prolongará até sábado, Guilherme de Oliveira, que faz a sua estreia no ‘Mundial, rubricou hoje a 28ª melhor marca nos treinos cronometrados entre os 72 participantes da categoria Júnior, destinada a pilotos com idades entre os 12 e os 15 anos, na qual alinham todos com chassis Praga, sendo pneus os Mojo e, obviamente, os motores Rotax obrigatórios para todos os concorrentes nas seis categorias deste ‘Mundial Rotax’ que está a ser disputado por 360 pilotos oriundos de 59 países.

O piloto natural de Vila Nova de Gaia cumpriu a sua melhor volta aos 1531 metros do traçado algarvio em 1m00,629s, enquanto o holandês Tijmen Van Der Helm foi o mais rápido com o registo de 59,918s.

Guilherme de Oliveira – vencedor do Rotax Max Challenge Portugal da categoria Júnior –, largou assim da 13ª posição na primeira manga de qualificação disputada por 36 pilotos e conseguiu impor um ritmo forte que lhe permitiu ver a bandeira xadrez num positivo nono lugar... mas uma penalização de 10 segundos - atribuída também a mais nove pilotos - por ter o spoiler 'tocado', relegou-o para a 13ª posição, numa corrida em que venceu o britânico Tommy Foster, depois da desqualificação do finlandês Axel Saarniala, que foi o primeiro a cruzar a meta.  

Um bom início para o jovem português que amanhã disputará mais duas mangas de qualificação, na sexta-feira feira as pré-finais, enquanto as Finais serão discutidas no sábado.

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY