KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Dobradinhas para Yohan Sousa (Júnior) e Tiago Teixeira (Master) X30 Shifter

Dobradinhas para Yohan Sousa (Júnior) e Tiago Teixeira (Master) X30 Shifter
Races

Texto Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

 

Na 36ª edição da Taça de Portugal de Karting da categoria X30 Shifter, disputada no Kartódromo Internacional de Braga, sob organização do Clube Automóvel do Minho, Henrique Chaves (CRG) começou por estabelecer o melhor registo nos treinos cronometrados, rodando em 52,807s na sua melhor volta ao circuito de 1.286 metros. Durante a primeira manga de qualificação, o campeão nacional Yohan Sousa (CRG) – que lutava pela vitória na Júnior, dado que ainda não tem 18 anos de idade – foi o mais forte e terminou na frente de Miguel Matos (Birel) e Henrique Chaves, enquanto a segunda manga ficou marcada pelos problemas mecânicos que afetaram Miguel Matos e, depois, pela interessante disputa entre Tiago Teixeira (CRG), Henrique Chaves e Yohan Sousa, que terminou na frente do piloto de Paredes.

Na Final, disputada ao longo de 14 voltas, as posições da frente mantiveram-se praticamente inalteradas, com Yohan Sousa a saltar para o comando e depois a manter esse lugar até ao final. Foi a 5ª Taça de Portugal e a sempre desejada ‘dobradinha’ para o piloto do Entroncamento, que já se tinha sagrado campeão nacional da categoria. Tiago Teixeira ultrapassou Henrique Chaves e chegou a aproximar-se de Yohan Sousa, reeditando um duelo tantas vezes visto no passado. O piloto de Paredes terminou no segundo lugar e conquistou a Taça de Portugal entre os Masters, com Henrique Chaves a completar o pódio neste regresso ao Karting vindo dos monolugares da Fórmula Renault 2.0.

André Serafim esteve muito perto de Henrique Chaves na segunda fase da corrida e terminou no 4º lugar – que significou o terceiro lugar no pódio entre os Masters –, na frente de Miguel Matos, que completou o top 5 fruto de uma sensacional recuperação vindo do último lugar da grelha (obtendo ainda a melhor volta da corrida), depois de ter sido obrigado a mudar de motor após a segunda manga de qualificação.

Mariano Pires (Intrepid) foi 6º classificado e 2º na Júnior, enquanto Hugo Marreiros (DR) terminou logo atrás do piloto de Ponte de Lima. Seguiram-se Duarte Mano (Zanardi), Ricardo Borges (Intrepid) e Luís Silva (CRG).

Destaque ainda para o regresso de Elias Barros (CRG), antigo vencedor da Taça de Portugal e que foi 11º nesta Final, na frente da azarada Rita Teixeira, que sofreu um toque e se atrasou – mas venceu a Taça na classe feminina –, enquanto Bernardo Chaves (CRG) e Nuno Portela (Energy) foram os restantes pilotos a conseguir completar as 14 voltas da corrida.

Rodrigo Ferreira foi o grande azarado da Final, desistindo à passagem da 11ª volta depois de ter mostrado durante as mangas de qualificação andamento para discutir um lugar dentro do top 5 à geral.

 

Todas as classificações em: https://speedhive.mylaps.com/Events/1469248

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY