KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

João Ferreira muito perto do pódio no Europeu de Karting X30 Sénior em França

João Ferreira muito perto do pódio no Europeu de Karting X30 Sénior em França
Races

Texto Filipe Cairrão

Fotos Fotocar13/Eduardo Cartaña

 

João Ferreira, com um kart equipado com chassis Madcroc, preparado pela equipa Dinâmica Paralela, com os mecânicos Bruno Lisboa, ‘Ruka’ Gomes e ‘Max’ Almeida, voltou a evidenciar as cores nacionais no ‘Europeu’ de Karting da categoria X30 Sénior… e agora está na 7ª posição da classificação geral entre 47 pilotos, cujo líder é o britânico Jordan Brown-Nutley (FA).

Depois de ter garantido um categórico quinto lugar na prova de abertura na pista belga de Genk, na segunda jornada, realizada este fim de semana, no circuito francês de Salbris, após largar na Final – discutida por 34 pilotos – da 19ª posição, o leiriense recuperou vários lugares e conseguiu intrometer-se no grupo que discutia o último lugar do pódio, tendo, neste particular, o holandês Joey Van Splunteren (Gillard) sido o mais bem-sucedido, terminando logo a seguir os britânicos Jordan Brown-Nutley (FA) e Brett Ward (Kosmic), o austríaco Nicolas Schoell (Tonykart) e João Ferreira, que ficou ainda a 49 milésimos de segundo da volta mais rápida, rubricada pelo britânico Mark Kimber (Tonykart) que viria a vencer a prova, à frente do seu compatriota Oliver Clarke (Tonykart). “Na Final, após oito voltas, o João estava na sexta posição e a lutar pelo pódio, mas um incidente prejudicou-o”, sublinhou Bruno Lisboa, para depois João Ferreira comentar a prova: “Foi uma prova muito difícil, contando desde a forte concorrência às difíceis condições meteorológicas, entre outras circunstâncias. Os treinos cronometramos correram mal porque a pista ora estava meio molhada ora meio seca… e fomos com uma afinação que não era a indicada para o momento, pelo que ficámos condicionados para as mangas de qualificação, visto que partíamos no fim do pelotão (17º lugar). Mesmo assim, conseguimos fazer boas recuperações.

Na Pré-Final, estava rápido, mas fui colocado fora de pista e depois fui penalizado por causa do bico da frente estar fora do sítio. Assim, arranquei para a Final do 19º lugar e tentei atacar o máximo. Consegui terminar no sétimo lugar, mas foi corrida muito dura, dado que tive de fazer muitas ultrapassagens e, ao mesmo tempo, defender-me dos outros pilotos.

Mas, de uma forma geral, foi uma boa corrida, visto que partimos muito atrás e conseguimos fazer uma recuperação de 12 lugares. Por outro lado, ficamos a a meio décimo de segundo do melhor tempo e consegui somar mais uns pontos para o campeonato, o que é muito bom. A minha equipa, a Dinâmica Paralela, foi fundamental para que eu estivesse competitivo, pelo que estou muito grato aos meus mecânicos Bruno Lisboa, ‘Ruka’ Gomes e ‘Max’ Almeida por todo o empenho e dedicação”, comentou João Ferreira, que deverá fazer a totalidade das provas do Europeu, sendo que a terceira está agendada para o traçado germânico de Wackersdorf entre os dias 20 e 23 de julho e a quarta e última jornada para o circuito italiano de Castelletto entre os dias 14 e 17 de setembro.

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY