KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Troféu dos Campeões proporcionou corridas animadas no Kartódromo de Braga

Troféu dos Campeões proporcionou corridas animadas no Kartódromo de Braga
Races

Bruno Borlido (categoria DD2), Pedro Loures (DD2 Master), Alexandre Areia (Sénior Max), Rodrigo Ferreira (Júnior), Afonso Ferreira (Mini-Max) e Pedro Rilhado venceram o Troféu dos Campeões disputado este fim de semana no Kartódromo Internacional de Braga, sob a organização do Clube Automóvel do Minho (CAM).

 

Texto: Filipe Cairrão

Fotos: VVL Sport Image

 

As categorias DD2 e DD2 Master foram das mais interessante de seguir no habitual Troféu dos Campeões, organizado pelo Clube Automóvel do Minho (CAM), integrado no calendário nacional desportivo da FPAK.

Miguel Matos (BirelArt) foi o mais rápido nos treinos cronometrados, Bruno Borlido (BirelArt) venceu a corrida de qualificação bem como a pré-final e depois garantiu o lugar mais alto do pódio ao triunfar na Final. Nesta, Eduardo Leitão (Praga) liderou até à 8ª das 16 voltas, altura em que na luta pelo primeiro posto – na ‘curva do bar’ – Bruno Borlido e Miguel Matos tentaram passar para a frente. Borlido conseguiu, Leitão atrasou-se e pior sorte teve Matos que foi forçado a abandonar.

O piloto de Viana do Castelo não mais largou o comando, Eduardo leitão garantiu a segunda posição e Pedro Pinto (Tonykart) completou o pódio.

Ricardo Leitão (Praga) – que regressou após dois anos respondendo ao desafio lançado pelo piloto António Bravo Lima – cruzou a meta com o mesmo tempo de Pedro Loures (Tonykart). O fator de desempate (volta mais rápida) atribuído a quarta posição a Pedro Loures – que venceu a categoria Master – tendo o regressado Ricardo Leitão sido o quinto classificado.

Joel Magalhães (BirelArt) seguiu de bem perto o duelo entre Loures e Leitão e foi sexto classificado, tendo, contudo, assegurado a classificação que mais lhe interessava, ou seja, o segundo lugar entre os Masters.

Gonçalo Coutinho (BirelArt) – que em 2015 disputou a categoria Júnior – também acedeu ao ‘desafio’ para disputar o Troféu dos Campeões na categoria DD2! O piloto de Gondomar gostou da experiência e foi sétimo classificado.

António Bravo Lima (Praga) – que esteve mais forte na corrida de qualificação ao ser o  quinto posicionado e o 1º Master – terminou a Final no oitavo lugar e completou o pódio da categoria Master. Fernando Costa (Praga) terminou logo a seguir e foi o quarto classificado na Master, enquanto Artur Ferreira (BirelArt) – que regressou ao Karting – fechou o top-5.

 

Vitórias de Rodrigo Ferreira na Júnior e Alexandre Areia na Sénior Max

As categorias Júnior e Sénior Max partilharam a mesma grelha do Troféu dos Campeões.

Alexandre Areia (Praga) foi o mais rápido nos treinos cronometrados da Sénior Max e Manuel Alves (FA) obteve o melhor registo na Júnior.

Mas na corrida de qualificação assistiu-se a um duelo muito interessante entre Rodrigo Ferreira (Praga) e Alexandre Areia, com o primeiro levar a melhor, assim como na pré-final e na Final. Contudo, Rodrigo Ferreira ganhou a categoria Júnior e Alexandre Areia venceu a categoria Sénior Max.

Manuel Alves, com um bom andamento, terminou na terceira posição e garantiu o lugar intermédio do pódio da categoria Júnior, enquanto Diogo Marques (BirelArt) foi o quarto classificado e o encerrou o pódio da Júnior.

Guilherme de Oliveira (Tonykart) estreou-se a correr na categoria Júnior. O piloto de Vila Nova de Gaia esteve sempre muito forte mas, na Final, quando rodava na segunda posição, um despiste fez com que caísse para o último lugar, tendo, contudo, recuperado depois até à quinta posição, sendo o quarto classificado da Júnior.

Manuel Leão (FA) deparou-se também com alguns problemas, sendo o sexto classificado e o segundo da categoria Sénior Max, à frente do espanhol Alvaro Garcia (Intrepid), o quinto classificado Júnior.

O espanhol Filip Vava não cumpriu o horário para se apresentar nos treinos cronometrados e a organização não abriu exceções, não o deixando cumprir a sessão, pelo que Vava decidiu desistir da prova.  

 

Afonso Ferreira triunfa na Mini-Max

Luís Alves (Haase) também foi impedido de alinhar nos treinos cronometrados da categoria Mini-Max pelas mesmas razões de Vava, mas o jovem vimaranense apresentou-se depois na corrida de qualificação para realizar a prova.

O mais rápido nos treinos cronometrados foi Tomás Ribeiro (Praga), mas na partida para a corrida de qualificação não conseguiu arrancar bem, caindo para o quarto lugar. O piloto de Fafe ainda recuperou até ao segundo lugar, tendo a vitoria ficado na posse de Afonso Ferreira (Birel). O piloto de Braga voltou a impor-se na pré-final e na Final, assistindo-se a uma luta muito interessante pelo segundo lugar entre Luís Alves e Tomás Ribeiro, tendo este levado a melhor, enquanto o piloto de Guimarães completou o pódio.

José Barros (FA) garantiu o quarto lugar, à frente de Rodrigo Testa (DR), de Miguel Corsino (CRG), tendo pior sorte Luís Leão (FA) que foi forçado a abandonar devido a toque logo na terceira volta.

 

Pedro Rilhado vitorioso na Micro-Max

Pedro Rilhado (BirelArt) dominou todos os acontecimentos da categoria Micro-Max, garantindo com naturalidade o lugar mais alto do pódio. Mateus Cabrelli (EKR) fez uma boa prova – já que liderou as primeiras duas voltas da corrida de qualificação – e garantiu a segunda posição, à frente do espanhol Alex Anido (Tonykart) e de Henrique de Oliveira (FA), pilotos que estão ainda a evoluir no karting de competição.

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy