KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Rúben Silva campeão na categoria Mini-Max do RMCP… Afonso Ferreira no ‘Mundial’

Rúben Silva campeão na categoria Mini-Max do RMCP… Afonso Ferreira no ‘Mundial’
Races

Rúben Silva venceu a quinta e última prova da categoria Mini-Max do Rotax Max Challenge Portugal, disputada no Kartódromo de Viana do Castelo, com a organização a cargo do Motorsport Viana Clube. Guilherme de Oliveira, sempre com um ritmo muito forte, foi segundo classificado e Mariana Machado, que rodou ao nível que nos tem habituado, foi terceira classificada e a vencedor da classe feminina.

Rúben Silva venceu a edição de 2016 do Rotax Max Challenge Portugal, mas por ultrapassar a idade permitida, será Afonso Ferreira – segundo classificado no RMCP – o representante português na Final Mundial que será disputara entre 15 e 22 de outubro, no Circuito Internacional de Nápoles, em Itália.

 

Texto Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

 

Rúben Silva (EKR) com um segundo lugar na Final 1 e duas vitórias nas Finais 2 e 3 garantiu o lugar mais alto do pódio na quinta e última prova do Rotax Max Challenge Portugal e sagrou-se campeão da categoria Mini-Max.

Apesar de ter conquistado um título importante, valorizado ainda mais por ter encontrado uma concorrência muito forte, o piloto de Faia-Sernancelhe não estava totalmente satisfeito dado que, por poucos dias, ultrapassa a idade permitida (inferior a 13 anos), para ser o representante português na Final Mundial Rotax, que terá lugar em Itália, entre 15 e 22 de outubro. Assim, será Afonso Ferreira (BirelArt), segundo classificado na edição de 2016 do Rotax Max Challenge Portugal, a defender as cores nacionais da categoria Mini-Max, no Circuito Internacional de Nápoles, em Itália. 

Guilherme de Oliveira (FA) foi um dos pilotos em maior evidência nesta última jornada do Rotax Max Challenge Portugal. Depois de obter dois segundos lugares nas Finais 1 e 2, apesar de cair várias posições devido a um toque na Final 3, ainda conseguiu ver a bandeira xadrez no terceiro lugar e garantiu o lugar intermédio do pódio.

Mariana Machado (Praga) – a mais rápida nos treinos cronometrados – fez uma prova muito regular. Esteve sempre na luta pelas primeiras posições em todas as Finais e acabou por completar o pódio da jornada minhota, festejando também a vitória na classe feminina.

Afonso Ferreira (BirelArt) venceu a Final 1 e foi terceiro classificado na Final 2, envolvendo-se depois num incidente na Final 3, pelo que, no somatório de todos os resultados, o piloto bracarense terminou a prova na quarta posição. Mas mais importante do que o resultado que alcançou em Viana do Castelo, para Afonso Ferreira foi ter garantido o ‘passaporte’ para a Final Mundial Rotax, dado que foi o vice-campeão da categoria, por troca com Rúben Silva que, como já referimos, ultrapassa a idade permitida.

Gabriel Caçoilo (BirelArt) com dois quintos e um quarto lugar fechou o top-5, mas o piloto de Aveiro não mostrou o andamento que nos tem habituado, podendo o mesmo dizer-se de Luís Alves (Haase), que foi sexto classificado.

José Barros (Evokart) – autor da volta mais rápida na Final 1 – terminou a prova vianense no sétimo posto, à frente de Manuel Soares (Energy), do moçambicano Pedro Perino (FA), enquanto o jovem estreante Luís Leão (FA) fechou o top-10.

João Mendes (Praga) regressou à competição – ainda indeciso quanto a uma carreira no futebol – e foi 11º classificado, à frente de João Pinto Coelho e de Frederico Peters, muito forte em pista, mas depois desclassificado pela organização.


OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy