KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Chaves, Mendes e Fernandes vencem Taça de Portugal na categoria X30 Shfiter

Chaves, Mendes e Fernandes vencem Taça de Portugal na categoria X30 Shfiter
Races

Henrique Chaves (CRG) venceu a 35ª edição da Taça de Portugal da categoria X30 Shifter, disputada este fim de semana, no Kartódromo de Viana do Castelo, com organização do Sport Clube do Porto. Na categoria Master foi Vítor Mendes (Birel) a erguer o troféu e na Gentleman a festa da Taça foi feita por Ilídio Fernandes.

 

Texto Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

 

Yohan Sousa (Zanardi) – líder do campeonato nacional – que na época passada para além de se sagrar campeão nacional, venceu a Taça de Portugal (a quarta da sua carreira) foi um dos grandes ausentes devido a lesão da dição deste ano. António Rodrigues (Birel) que alinha na categoria X30 Shifter Master, embora inscrito, não pôde comparecer no circuito minhoto. Mas também existiram outras ausências de relevo como César Campaniço (CRG), vencedor da Taça de Portugal da categoria X30 Shifter Master em 2015.

No que diz respeito ao que se passou na 35ª edição da emblemática prova, disputada, como habitualmente, num único fim de semana, Henrique Chaves (CRG) – que este ano está a cumprir a segunda época na Fórmula Renault 2.0, tendo conquistado o seu primeiro top-5 este mês no Red Bull Ring – foi o mais rápido nos treinos cronometrados e liderou as primeiras voltas da primeira corrida de qualificação, perdendo depois o comando para o ‘rookie’ Mariano Pires (Sodikart) que não mais o largou até final.

Já na segunda corrida de qualificação, foi o piloto de Ponte de Lima a liderar as primeiras voltas, tendo depois Henrique Chaves passado para o comando, conservando-o até à bandeira xadrez.

Na Final, com a grelha a ser determinada em função dos resultados das corridas de qualificação, Henrique Chaves largou da pole-position e aproveitou-a da melhor forma para liderar de princípio a fim e conquistar a sua quinta Taça de Portugal.

Hugo Marreiros (DR) esteve forte durante todas as fases da prova e garantiu o segundo lugar, enquanto Mariano Pires completou o pódio. Já André Serafim (Tonykat) e Miguel Matos (Birel), sempre muito combativos na luta pelos lugares da frente, encerraram, respetivamente, o top-5.

Vítor Mendes (Birel) voltou a dar mais uma demonstração da sua rapidez ao ser sexto classificado e ao conquistar a Taça de Portugal da categoria Master, onde se incluem os pilotos com idade igual ou superior a 32 anos.

Tiago Teixeira (Birel) assim como Manuel Falcão (Tonykart) não estiveram ao nível a que nos têm habituado, sendo os sétimo e oitavo classificados, enquanto o ‘regressado’ Rui Carneiro (CRG) garantiu a nona posição e Duarte Mano (Zanardi), apesar de alguns percalços, encerrou o top-10.

Rui Bastos (Birel), ainda a recuperar de uma lesão no dedo uma mão, conseguiu mostrar um bom ritmo e foi 11º classificado, garantindo o lugar intermédio do pódio na categoria Master, à qual concorre.

Cleusio Serrão (Tonykart) alcançou o 12º lugar, na frente de Hugo Almeida (Zanardi), Miguel Ramos (Birel), Ana Fernandez (Topkart) e Luís Silva (CRG) que também rodou nos lugares da frente nas corridas de qualificação.

Ilídio Fernandes (Ricciardo) conquistou a Taça de Portugal na categoria Gentleman, terminando à frente de Adelino Sequeira (Praga) e Joel Magalhães (Birel) pilotos da categoria Master. Já Bernardo Chaves (Zanardi) – irmão de Henrique – foi forçado a abandonar após a primeira volta, assim como Rita Teixeira (Energy) que teve uma prova bastante aziaga. Igualmente sem sorte esteve Manuel Ramos (Birel) que concorre na categoria Gentleman, já que teve de desistir logo após a partida.

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY