KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Cerca de 40 pilotos animaram a escaldante 3ª prova do Troféu Norte de Portugal

Cerca de 40 pilotos animaram a escaldante 3ª prova do Troféu Norte de Portugal
Races

Apesar de uma temperatura a rondar os 40 graus celsius, cerca de quatro dezenas de pilotos alinharam na terceira prova do Troféu Norte de Portugal, integrado no calendário desportivo da FPAK, como habitualmente disputado no Kartódromo Internacional de Braga, sob a organização do Clube Automóvel do Minho (CAM). Vitórias para Rui Pereira (DD2), João Oliveira (DD2 Master), Manuel Leão (Max), Lourenço Monteiro (Júnior), Afonso Ferreira (Mini-Max) e Rodrigo Testa (Micro-Max).

 

Texto Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image (Arquivo)

 

A categoria DD2 voltou a estar bem composta na terceira jornada do Troféu Norte de Portugal. Rui Pereira (EKR) depois de ser o mais rápido nos treinos cronometrados, venceu as duas Finais – com melhor volta na Final 1 –, o que lhe permitiu subir ao lugar mais alto do pódio e reforçar a liderança na competição.

Miguel Matos (BIrelArt) – que não participou na jornada de abertura e depois venceu a segunda prova – foi o principal opositor de Rui Pereira. O piloto de Guimarães passou várias vezes pela liderança na Final 1, mas acabou por ser segundo classificado, bem como na Final 2, onde rubricou a volta mais rápida, terminando a prova bracarense na segunda posição.

António Teixeira (BirelArt) e Manuel Teixeira (BirelArt) que ainda têm pouco tempo de karting de competição, mostraram que estão a evoluir e rodaram sempre nos lugares da frente, tendo António Teixeira encerrado as presenças no pódio, enquanto o seu irmão Manuel foi quarto classificado.

João Oliveira (BirelArt) fechou o top-5 e venceu a categoria Master, com uma vitória e um segundo lugar, ficando em igualdade pontual com Vítor Mendes (Praga) que também obteve uma vitória e um segundo lugar, sendo o fator de desempate o tempo dos treinos cronometrados. Neste particular, João Oliveira levou a melhor com a marca de 54,789s contra os 54,895s de Vítor Mendes. Pedrou Loures (Intrepid), sempre muito combativo, completou o pódio, tendo João Cunha (BirelArt) e António C. Teixeira (CRG) encerrado o top-5.

António Bravo Lima (Praga) viu as suas aspirações quanto a uma boa classificação a serem comprometidas no decorrer da primeira volta da Final 1, levantando de imediato o braço para deixar o resto do pelotão passar à entrada da reta da meta, quando se apercebeu que o seu kart estava com problemas.

Acácio Pires (CRG) – que desta vez trocou a condição de espectador e de um dos grandes apoiantes do seu sobrinho Mariano Pires – foi 11º classificado, à frente de Paulo Cunha (CRG).

 

Manuel Leão é o novo líder da categoria Sénior Max

Sem a presença do líder Rui Lima (Praga), Manuel Leão (FA) passou para o comando da classificação geral da categoria Sénior Max ao vencer as duas Finais, nas quais José Couceiro (FA) – que foi o autor da volta mais rápida nas duas corridas – garantiu a segunda posição e José Leite (FA) completou o pódio. Alexandre Areia (Praga) – inscrito na competição – e que venceu a Final 2 com a melhor volta na jornada anterior, não participou nesta terceira prova do Troféu Regional Norte.

 

Lourenço Monteiro estreia-se a vencer na Júnior

Na categoria Júnior, Manuel Alves (FA) surgiu na pista bracarense para disputar terceira prova com um percurso cem por cento vitorioso. O piloto da Trofa foi o mais rápido nos treinos cronometrados, mas na Final 1 impôs-se Lourenço Monteiro (FA) – seu colega de equipa no Cabo do Mundo Karteam – que ainda rubricou a melhor volta. Na Final 2, Manuel Alves foi o primeiro a ver a bandeira, terminando imediatamente a seguir Lourenço Monteiro que voltou a assinar a melhor volta, dando-lhe um ponto extra que lhe valeu a subida ao lugar mais alto do pódio.

Manuel Alves foi então o segundo classificado, Gonçalo Pinto (Tonykart) concluiu a prova na terceira posição e Fabiana Silva (Intrepid) também teve honras de pódio ao vencer a classe feminina, com um quarto lugar à geral.

 

Afonso Ferreira e David Simões dividem vitórias na Mini-Max

Afonso Ferreira (Birel) foi o mais rápido nos treinos cronometrados da categoria Mini-Max e depois venceu a Final 1, rubricando também a volta mais rápida, contando com forte oposição de David Simões (EKR) que também passou pela liderança, mas cruzou a meta na segunda posição.

Guilherme de Oliveira (FA) foi o terceiro a ver a bandeira xadrez, mas face a uma penalização de 10 segundos por alegada falsa partida, foi relegado para a sétima posição. Rúben Silva (EKR) herdou então terceiro posto, seguindo-se João Mendes (Praga), José Barros (FA) e Luís Leão (FA).

A Final 2 foi algo atribulada com Afonso Ferreira ‘a atalhar’ – naturalmente sem essa pretensão, até porque passou de um lado da pista para o outro – quando discutia a posição com Guilherme de Oliveira (autor da melhor volta), pilotos que foram os terceiro e segundo classificados, respetivamente, enquanto a vitória ficou na posse de David Simões.

Contas feitas, Afonso Ferreira garantiu o lugar mais alto do pódio com 69 pontos, totalizando mais um do que David Simões, o segundo classificado, enquanto Guilherme de Oliveira completou o pódio e conservou a liderança no Troféu.

Rúben Silva que na Final 2 foi forçado a abandonar logo após a partida, saiu de Braga como quarto posto, classificando-se nos lugares seguintes José Barros, João Mendes, Luís Leão e Miguel Corsino, respetivamente.

 

João Oliveira e Pedro Rilhado triunfam nas Finais e Rodrigo Testa vence a prova

Dois segundos lugares valeram a Rodrigo Testa (DR) o lugar mais desejado do pódio na categoria Micro-Max, tendo João Oliveira (CRG) ganho a Final 1 e Pedro Rilhado (BirelArt) triunfado na Final 2, vitória que valeu ao piloto de Lamego o segundo lugar na prova, enquanto João Oliveira completou o pódio.

Álvaro Anaya (Praga), que foi o mais rápido nos treinos cronometrados, garantiu a quarta posição e Pedro Carvalho fechou o top-5.

José Pinheiro (EKR) – que esteve na liderança da Final 1 e foi o autor da volta mais rápida, tendo depois sido foi forçado a abandonar na Final 2 – concluiu a prova bracarense na sexta posição

Duarte Simões (EKR) e Manuel Pais-Vieira (FA) – que apesar de tudo conservou o comando no Troféu –, viram as suas aspirações comprometidas quanto a uma boa classificação após terem sido forçados a abandonar devido a toque na Final 1.

O ‘rookie’ Henrique de Oliveira continua o seu processo de aprendizagem e foi nono classificado.

A quarta e última prova do Troféu Norte de Portugal está agendada para 31 de outubro e será disputada como habitualmente no Kartódromo Internacional de Braga.

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy