KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Yohan Sousa 7º no WSK em Adria e com a volta mais rápida na Final da categoria KZ2

Yohan Sousa 7º no WSK em Adria e com a volta mais rápida na Final da categoria KZ2
Races

Com principal objetivo de conhecer e adaptar-se ao traçado italiano de Adria, onde se disputará a segunda jornada do Campeonato Europeu CIK-FIA da categoria KZ2, entre 2 e 5 de junho, Yohan Sousa garantiu hoje a 7ª posição e a volta mais rápida na Final da categoria KZ2 na quarta e última prova do WSK Super Master Series, onde atuam as principais estrelas do Karting mundial. Trabalho bem positivo do piloto português e da sua equipa italiana Chiesa Corse – em provas internacionais –, apesar de algumas limitações ao nível do chassis.


Filipe Cairrão


Depois ter sido 36º nos treinos cronometrados e ter terminado as mangas de qualificação na 24ª posição – em virtude de duas boas recuperações –, Yohan Sousa garantiu a presença na Final ao ser 14º classificado na Pré-final B, onde se apuravam os 17 primeiros classificados, aos quais se juntavam os 17 primeiros posicionados da Pré-Final A para constituir a grelha de partida da derradeira contenda reservada a 34 pilotos. “Tive problemas ao nível do chassis ao longo de todo a prova e perdia cerca de três décimas para a concorrência”, começou por cometar o piloto português que correu com um kart equipado com chassis Zanardi e motor Parilla, sendo os pneus Vega obrigatórios para todos.

Na Final – em que também alinharam as ‘estrelas’ da categoria KZ, tal como nas outras fases da prova –, depois de largar da 28ª posição, Yohan Sousa voltou a fazer uma boa recuperação e terminou no 16º lugar, sendo o 7º classificado da sua categoria, a KZ2, com a volta mais rápida em 48,414s, ficando a 116 milésimos de segundo da melhor, assinada pelo experiente italiano Marco Ardigò (Tonykart/Vortex) – que alinha na KZ – e que foi o primeiro a ver a bandeira, à frente do seu compatriota David Forè (Righetti Ridolfi/TM), experiente piloto de 41 anos que em setembro de 2000, no Kartódromo Internacional de Braga, em Portugal, conquistou o seu segundo título de campeão do Mundo da categoria Super Fórmula A, na altura a classe rainha da CIK-KIA.     

“Na Final, a partir da 15ª volta senti que o chassis estava com melhor comportamento e como ainda faltavam cinco voltas para terminar a corrida pude impor um ritmo mais forte e recuperar 8 posições”, sublinhou Yohan Sousa para depois acrescentar: ”Valeu a pena termos participado nesta prova por duas razões: Por um lado, fiquei a conhecer a pista – que parece fácil mas não é – e assim já temos algumas indicações. Por outro, alcançamos um resultado muito positivo que nos motiva para a segunda prova do Europeu que será disputada aqui em Adria, entre 2 e 5 de junho”.

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY