KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Series Rotax Espanha Júnior: Guilherme Gusmão no grupo da frente entre 36 pilotos

Series Rotax Espanha Júnior: Guilherme Gusmão no grupo da frente entre 36 pilotos
Races

Guilherme Gusmão esteve muito forte na segunda prova das Series Rotax Espanha, disputada na pista de Alcañiz, integrada no Complexo Motorland, em Aragón. O piloto de Évora terminou a Final 1 no 6º lugar entre 36 pilotos, mas na Final 2 um toque relegou-o para a 33ª posição, pelo que terminou a prova espanhola no 14º lugar. Gonçalo Coutinho e Mariano Pires foram impedidos de mostrar o seu talento devido a incidentes e o ‘rookie’ Francisco Vilaverde prosseguiu a sua evolução numa categoria muito competitiva.

 

Texto Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

 

Guilherme Gusmão (Tonykart), depois de ser 11º classificado nos treinos cronometrados, esteve muito bem quer na partida da Final 1 quer na Final 2. Na primeira, rapidamente passou a rodar na quinta posição e na 15ª e última volta, no duelo com Oscar Palomo (EKR) – campeão em título – acabou por ser ultrapassado, mas terminou na sexta posição a duas décimas do madrileno.

O piloto de Évora voltou a protagonizar um bom arranque na Final 2, saindo da 11ª posição para a sexta, mais depois a quatro voltas do final um toque relegou para o 33º posto, recuperador depois quatro lugares. Com este resultado e o 6º lugar obtido na Final 1, Guilherme Gusmão acabou a prova da Aragón no 14º lugar.   

Gonçalo Coutinho (FA) rubricou a sexta melhor marca nos treinos cronometrados – a 150 milésimos de segundo da pole-position conquistada pelo catalão Kilian Meyer (CRG) –, deixando boas indicações quanto à obtenção de um bom resultado na segunda prova das Series Rotax Espanha. Mas logo na partida da Final 1, o piloto português sofreu um toque na primeira curva que o obrigou a abandonar, tendo na Final 2 voltado a não ter sorte, pelo que no somatório dos resultados das duas finais foi 33º classificado. Prova Inglória para Gonçalo Coutinho.

Mariano Pires também foi forçado a desistir na Final 1, depois de não ter conseguido evitar o choque com dois karts que se despistaram-se… tendo o chassis do piloto de Ponte de Lima ficando bastante danificado. E ainda faltava disputar a Final 2. Nesta, Mariano Pires apesar de largar da 21ª posição e do seu kart não estar nada colaborante devido ao incidente, ainda conseguiu recuperar até ao 10º lugar, concluindo, face à soma dois resultados das duas finais a prova espanhola na 30ª posição. Jornada igualmente inglória para Mariano Pires.

Francisco Vilaverde (Praga) que faz este ano a sua estreia na categoria Júnior e prossegue a sua evolução numa classe muito competitiva, rodou no ‘meio da tabela’ e terminou a ronda de Alcañiz na 26ª posição, cujo vencedor foi Aitor Sorozabal (Tonykart) que já havia triunfado na prova inaugural em Valência.

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy