KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Series Rotax Sénior Max: Luís Cidade regressa às vitórias no circuito de Alcañiz

Series Rotax Sénior Max: Luís Cidade regressa às vitórias no circuito de Alcañiz
Races

Luís Cidade venceu a segunda prova das Series Rotax Espanha na categoria Sénior Max que decorreu na pista de Alcañiz, integrada no Complexo Motorland, em Aragón. O piloto de Matosinhos, que alinha com um kart equipado com chassis FA preparado pela formação espanhola Arakart, bateu toda a concorrência quer na Final 1 quer na Final 2. Bruno Borlido (Praga) esteve igualmente em evidência ao ser terceiro classificado na Final 2, mas um toque na Final 1 numa altura que era líder obrigou-o a desistir e comprometeu as aspirações do vianense quanto à luta pela vitória. O ‘rookie’ Alexandre Areia (Praga) garantiu um positivo 14º lugar e Rui Lima (Praga) experimentou desta vez algumas dificuldades para impor um ritmo forte.

 

Texto Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

 

Foram apenas 13 os portugueses que disputaram a segunda ronda das Series Rotax Espanha que contou com 141 participantes, mas a sua maioria soube dignificar muito bem as cores nacionais, sobretudo Luís Cidade na categoria Sénior Max, uma das classes mais difíceis e concorridas. (Restantes categorias ler em separado na Vroom)

Inicialmente foi Bruno Borlido a destacar-se ao ser o segundo mais rápido nos treinos cronometrados, falhando a ‘pole-position’ por 18 milésimos de segundo, sendo, neste particular, Hugo Hernandez Gutierrez (Tonykart) a completar a melhor volta aos 1671 metros do traçado espanhol com o registo de 1m02,105s.

Na Final 1, o piloto de Viana do Castelo foi mais lesto do que Gutierrez na partida e liderou as primeiras duas voltas, tendo logo a seguir sofrido um toque na traseira que fez com que ficasse sem escape…

Luís Cidade – sexto mais rápido nos cronos – passou então para a frente e dominou até final não cedeu às investidas de Ricardo Garcia.

Na Final 2, Bruno Borlido voltou a arrancar bem e liderou as primeiras três voltas, caindo depois para a terceira posição, que 'somando ao abandono' na Final 1, fez com que terminasse a prova no 22º lugar. Já Luís Cidade assumiu o comando a meio da corrida e não mais o largou até final apesar das investidas de Gutierrez.  

Alexandre Areia (Praga) – estreante na Sénior Max – foi 17º nos ‘cronos’ e Rui Lima (Praga) foi 18º, mas estas posições não são sinónimo de que ficaram muito além do melhor tempo. Pelo contrário, praticamente todo o pelotão ficou ‘dentro’ do mesmo segundo.

No entanto, largar de 17º e de 18º não é fácil para depois obter bons resultados, pelo que ainda assim Alexandre Areia concluiu a prova num honroso 14º lugar e Rui Lima na 19ª posição, enfrentando naturais dificuldades. Mas há mais ‘campeonato’…


OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy