KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Andriy Pits e Luciano Carvalho fortes no primeiro dia do Campeonato de Espanha

Andriy Pits e Luciano Carvalho fortes no primeiro dia do Campeonato de Espanha
Races

A prova de abertura do Campeonato de Espanha de Karting (CEK) que está a ser disputada por 145 pilotos na pista de Recas, em Toledo, não está a ser fácil para os pilotos portugueses. Andriy Pits, campeão em título da categoria Sénior, e Luciano Carvalho, que alinha na mesma classe, estão, contudo, a rodar nos lugares da frente. Já os outros cinco portugueses, nomeadamente André Serafim e Frederico Figueiredo e Castro (ambos na Sénior-KZ2), Simão Ventura (Júnior), Guilherme de Oliveira (Cadete) e Ivan Domínguez (Alevín) tiveram hoje um dia difícil. Amanhã, nas corridas finais, a ver vamos…


Texto Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image


É na categoria Sénior que a primeira prova do Campeonato de Espanha está a correr melhor para as cores nacionais.

Andriy Pits, com um kart equipado com chassis Zanardi preparado pela equipa portuguesa Cabo Júnior Team, foi o 6º mais rápido nos treinos cronometrados e nas mangas de qualificação garantiu um 5º e um 6º lugares, pelo que amanhã o piloto de Leiria vai largar da 4ª posição na Corrida 1.

Luciano Carvalho, colega de equipa de Pits, rubricou o 7º melhor ‘crono’ e na primeira manga de qualificação, depois de arrancar bem para o 6º posto, teve problemas e caiu várias posições, recuperando, contudo, até 15º lugar. Na segunda manga, o piloto de Oliveira de Azeméis esteve forte e viu a bandeira xadrez na 4ª posição, o que lhe valeu ser º clasificado no cômputo das duas mangas e vai arrancar amanhã do 8º lugar na Corrida 1, que terá Lluc Ibáñez (Croc Promotions) na pole-position.


André Serafim e Frederico Figueiredo e Castro sem sorte na Sénior-KZ2

Na categoria Sénior-KZ2, a única em que para além do chassis, o motor é de escolha livre, sendo os pneus Vega obrigatórios em todas as classes, André Serafim (Tonykart/TM) – que em 2011 foi campeão de Espanha na categoria KZ2 – não está a ter uma jornada nada favorável. O piloto de Chaves, depois de ter sido 20º nos ‘cronos’, debateu-se com problemas que o impediram de alinhar nas mangas de qualificação, sucedendo o mesmo a Frederico Figueiredo e Castro (Parolin/TM) – inscrito pela formação espanhola EKR – na primeira contenda, tendo depois o piloto de Lisboa sido 20º classificado na segunda e 7º posicionado na subcategoria ‘Silver’ destinada a pilotos com idade igual ou superior a 30 anos.

O espanhol Pedro Hiltbrand (CRG/Maxter) está a dominar os todos os acontecimentos e vai amanhã largar da pole-position na Corrida 1, enquanto Frederico Figueiredo e Castro e André Serafim vão arrancar das 25ª e 26ª posições, respetivamente.


Simão Ventura, Guilherme de Oliveira e Iván Dominguez nas restantes categorias  

Simão Ventura, que também corre com chassis Zanardi, está a disputar novamente este ano a categoria Júnior. A pista de Recas parece ser ‘aziaga’ para o jovem piloto de Mira, isto porque em 2015 a mesma foi palco de abertura do CEK e Simão Ventura não teve sorte, recuperando depois nas provas seguintes para terminar no top-10 entre 34 pilotos.

Hoje, o piloto do Cabo Júnior Team foi 18º nos treinos cronometrados e nas mangas de qualificação obteve um 15º e depois um 20º lugares, pelo que amanhã vai largar da 16ª posição na Corrida 1, tendo a pole-position ficado na posse de Carlos Saval (FA), vencedor das duas mangas.

Guilherme de Oliveira, piloto do Cabo do Mundo Team, mas que está a disputar esta prova inscrito pelos espanhóis da LTP Competición – representante oficial dos chassis FA no país vizinho – faz este fim de semana a sua estreia no CEK, alinhando na concorrida (33 participantes) categoria Cadete, equivalente à Juvenil do campeonato português.

Guilherme de Oliveira começou por ser o 24º classificado nos treinos cronometrados e 25º na primeira manga de qualificação, evoluindo depois na segunda corrida ao terminar no 17º lugar, pelo que amanhã vai arrancar da 17ª posição para a Corrida 1, na qual está o espanhol Mari Boya (Tonykart) – campeão em título – que dominou o primeiro dia.

Iván Dominguez (Croc Promotions), piloto da formação Dinâmica Paralela, que tal como Guilherme de Oliveira está a cumprir o seu segundo ano no Karting, está a disputar a categoria Alevin – equivalente à cadete do campeonato português – inscrito pelos espanhóis da DPK Racing. Nos treinos cronometrados, o piloto de Leiria foi 19º classificado, obtendo igual resultado na primeira manga de qualificação, enquanto na segunda evoluiu até ao 17º lugar. Face a estes resultados, Ivan Domínguez vai largar amanhã da 16ª posição para a Corrida 1, estando na pole-position Mario Sañudo (Croc Promotions) vencedor das duas mangas de qualificação.

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy