KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Yohan Sousa no top-5 e Diogo Pinto 9º classificado no X30 Challenge Europa 2016

Yohan Sousa no top-5 e Diogo Pinto 9º classificado no X30 Challenge Europa 2016
Races

Yohan Sousa (na foto à direita) cumpriu o objetivo a que se propôs à partida para a edição 2016 do X30 Challenge Europa que passava por integrar o top-5 da categoria X30 Super Shifter, cujos karts estão equipados com motores de 175cc e caixa de velocidades. Contudo, no Circuito Internacional 7 Laghi, em Castelletto di Branduzzo, em Itália, o piloto português sofreu um toque na Final 1, quando rodava no terceiro posto e fez com que caísse em definitivo para a sexta posição, ficando condicionado para a Final 2 e hipotecada uma eventual subida ao pódio. Na Final 2, Yohan Sousa terminou no quarto lugar, que somado ao sexto posto da Final 1 fez com que regressasse a Portugal com a quinta posição, tendo a vitória ficado na posse de Matteo Viganò. “Foi difícil encontrarmos o melhor set-up devido aos pneus, pois escorregavam em demasia, daí ter feito apenas o 13º melhor tempo nos treinos cronometrados e ter sido 11º classificado após as mangas de qualificação. Ainda assim, no último dia de prova, no domingo, na Final 1, consegui evoluir e à passagem da 15ª das 20 voltas assumi a terceira posição, só que depois sofri um toque na traseira e terminei no sexto lugar. Na Final 2, mantive um andamento semelhante e fui quarto classificado, pelo que somados os resultados das Finais 1 e 2, fui quinto classificado na prova. Foi pena o toque que sofri na Final 1, assim como ter tido problemas ao nível dos pneus quer nos treinos cronometrados quer nas mangas de qualificação. De qualquer modo, esta foi a minha primeira prova de 2016 e este quinto lugar é positivo”, comentou Yohan Sousa, no final da prova, que correu com um kart equipado com chassis Zanardi.


Diogo Pinto também mostrou andamento para lutar pelo pódio

Na categoria X30 Sénior, alinharam dois portugueses. Luís Duarte (na foto à esquerda), com chassis Tonykart) não teve sorte quer nos treinos cronometrados quer nas mangas de qualificação e acabou por disputar a Final B, sendo 13º classificado.
Diogo Pinto (na foto ao centro), com chassis FA, começou por ser 27º nos treinos cronometrados e nas mangas de qualificação esteve forte, obtendo um 5º, um 12º e um 6º lugares, pelo que garantiu a 11ª posição na grelha de partida da Final A.
O piloto português ainda rodou na sétima posição, mas depois caiu alguns lugares e terminou no 10º posto. Na Final 2, o jovem piloto vimaranense esteve mais forte e intrometeu-se na luta pela terceira posição, mas depois viria a cruzar a meta no nono lugar, obtendo igual posição na prova, cujo vencedor foi o francês Vicent Fraisse (Sodi).

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY