KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Henrique Chaves vence na categoria Sénior-KZ2 do Campeonato de Espanha em Chiva

Henrique Chaves vence na categoria Sénior-KZ2 do Campeonato de Espanha em Chiva
Races

Henrique Chaves (Zanardi/TM) venceu hoje a Final 1 da terceira prova do Campeonato de Espanha de Karting e garantiu o lugar intermédio do pódio na Final 2, o que permite ao piloto português continuar na luta pelo título na ‘corte real’, mantendo-se no segundo lugar da competição com uma desvantagem de apenas 15 pontos face ao líder Jorge Pescador (Praga/TM). Rui Carneiro (Zanardi/TM) – que estreia-se este ano a correr no país vizinho e há que apenas dois anos compete de forma assídua, isto é, sem fazer corridas esporádicas –, integrou o top-10 e ascendeu à sétima posição do campeonato onde alinham alguns dos melhores pilotos do Velho Continente, como o espanhol Pedro Hiltrand, vice-campeão da Europa da categoria KZ2 este ano, totalizando apenas menos três pontos do que o consagrado piloto sueco Joel Johansson.


Ontem, Jorge Pescador dominou todos os acontecimentos, mas hoje Henrique Chaves – que fez apenas a sua terceira corrida de Karting este ano, dada sua estreia em 2015 na Fórmula Renault 2.0 – conseguiu impor o seu ritmo, tirando todo o proveito da afinação conseguida pelo Team FCK Motorsport.

Foi uma corrida muito complicada, disputada à chuva e que envolveu cinco pilotos a lutar pela vitória. Pedro Hiltbrand (CRG/Modena) liderou as primeiras sete voltas, mas depois o piloto de Torres Vedras passou para o comando e conseguiu controlar as restantes 10 voltas, mas sempre a pilotar ‘no limite’, dada as constantes investidas da concorrência.

Jorge Pescador garantiu a segunda posição, Orial Dalmau (Parolin/TM) – que lidera o Rotax Max Challenge em Portugal –, completou o pódio, à frente do catalão Pedro Hiltbrand (CRG/Modena) – vice-campeão da Europa este ano com menos três pontos do que o campeão, o sueco Joel Johansson – e do experiente piloto francês, Brice De Gaye (CRG/Maxter).

Rui Carneiro (Zanardi/TM) – que está a viver um mundo novo, já que é a primeira vez que corre em Espanha e há apenas dois anos que compete assiduamente –, também rodou entre os mais fortes, mas um incidente fez com que caísse para último, recuperando depois até à 10ª posição.


Título será decidido em Motorland

Na Final 2, Henrique Chaves debateu-se com alguns problemas de carburação e acabou por terminar na segunda posição, com a vitória a sorrir ao seu principal rival, Jorge Pescador. Com o triunfo do valenciano – que obteve um honroso 11º lugar no campeonato da Europa –, as contas do campeonato mantem-se iguais e tudo se vai decidir na última prova, agendada para o segundo fim de semana de outubro, para a pista de Alcañiz, em Motorland.

Luís Martínez (FA/Modena) foi terceiro classificado, à frente do francês Brice De Gaye e do espanhol Manuel Bejarano  (Parolin/TM), que já competiu na GP2.

Rui Carneiro voltou a mostrar que está mais forte, pois na Final 2 intrometeu-se novamente nos lugares da frente – com a sexta volta mais rápida –, mas depois acabou por obter mais um 10º lugar, o que permite ao piloto de Vila do Conde, apesar de tudo, ascender à sétima posição do campeonato e estar dentro do objetivo que traçou para este ‘ano zero’ em Espanha, que passa por integrar o top-10.


Texto Filipe Cairrão

Fotos Vroom/J. Omedas e MRM Comunicación-media

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY