KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Yohan Sousa é o novo líder da X30 Shifter… Vítor Mendes ‘virtual’ campeão Master

Yohan Sousa é o novo líder da X30 Shifter… Vítor Mendes ‘virtual’ campeão Master
Races

Yohan Sousa venceu a Final 1 da quarta prova do Campeonato Nacional da categoria X30 Shifter e passou para a liderança, sendo agora o mais sério candidato ao título, dado que Lucas Araújo foi excluído do evento de Viana do Castelo. Com esta decisão do Colégio de Comissários Desportivos, Tiago Teixeira e Rui Carneiro foram os segundo e terceiro classificados na Final 1, enquanto na Final 2 foi Eduardo Leitão a garantir a vitória, tendo Teixeira repetido o segundo lugar e Miguel Ramos alcançado a terceira posição. Vítor Mendes voltou a impor-se entre os Masters e é ‘virtual’ campeão nacional face à vantagem que tem para a concorrência e uma vez que falta disputar apenas uma prova. Rui Bastos e Adelino Sequeira completaram, respetivamente, o pódio das duas Finais.


Tiago Teixeira (nº 305), ao volante de um kart equipado com chassis Birel, venceu a primeira corrida de qualificação da categoria X30 Shifter – karts dotados de caixa de velocidades –, enquanto na segunda impôs-se Yohan Sousa (nº 312-Zanardi), que foi o mais rápido nos treinos cronometrados com a marca de 44,220s. Face ao segundo lugar alcançado na segunda manga, Teixeira assegurou a pole-position, dado que Sousa foi terceiro na primeira.

Na X30 Shifter Master – destinada a pilotos com idade igual ou superior a 32 anos –, Rui Bastos (nº 325-Birel) triunfou na primeira corrida de qualificação e Vítor Mendes (nº 333-Ricciardo), que garantiu o melhor o registo em 44,644s nos ‘cronos’, venceu a segunda, na qual Bastos foi forçado a abandonar, sucedendo o mesmo com Adelino Sequeira na primeira corrida de qualificação.


Final 2 atribulada…

Na Final 1, Yohan Sousa assumiu rapidamente o comando e dominou de princípio a fim com Lucas Araújo (nº 311), ao volante de um kart equipado com chassis DR, sempre a pressionar o piloto do Entroncamento, mas viria a terminar na segunda posição. Tiago Teixeira foi um tranquilo terceiro classificado, à frente de Rui Carneiro (nº 321-Zanardi), Manuel Falcão (nº 353-Tonykart), Eduardo Leitão (nº 324-Intrepid), Miguel Ramos (nº 307-Birel Art), mas todos viriam a subir uma posição face à exclusão do evento de Lucas Araújo.

Na Final 2, à passagem da quarta volta, Yohan Sousa e Lucas Araújo tocaram-se e abandonaram a corrida, entendendo o Colégio de Comissários Desportivo que o piloto luso-brasileiro teve conduta anti desportiva, daí o excluir do evento. Na mesma volta e numa altura em que era terceiro classificado, Rui Carneiro capotou, mas felizmente sem consequências graves, embora ficasse bastante lesionado no pé direito.

Em procedimento ´slow’ – mal ‘conduzido’ pela organização –, a corrida voltou depois ao seu ritmo normal. Tiago Teixeira passou a liderar, mas depois Eduardo Leitão assumiu o comando e não mais o largou, tendo o piloto de Paredes, que é a segunda prova que faz esta época após nove meses de paragem, garantido o lugar intermédio do pódio e Miguel Ramos um excelente terceiro lugar, à frente de Manuel Falcão e Hugo Marreiros (nº 367-DR) que encerrou o top-5.

Luís Silva (nº332-Zanardi) mostrou um bom andamento nos treinos cronometrados nas mangas de qualificação, rodando sempre nos lugares da frente, mas na Final 1 foi forçado a desistir ficando condicionado para a Final 2, na qual foi oitavo classificado.

A espanhola Ana Alonso (nº 303-Topkart) também esteve forte obtendo a nona posição na Final 1 e um positivo sexto lugar na Final 2.

Lucas Araújo assinou a volta mais rápida nas duas Finais, mas ao ser excluído do evento, estas ficaram na posse de Yohan Sousa que assim somou mais dois pontos para o campeonato.      


Rui Bastos volta a ser segundo na Master… Adelino Sequeira completa o pódio

Na X30 Shifter Master – destinada a pilotos com idade igual ou superior a 32 anos –, Vítor Mendes (nº 333) venceu as duas Finais – bem como rubicou a volta mais rápida em ambas – e é ‘virtual’ campeão nacional face à vantagem de que dispõe para a concorrência. Mas o piloto de Felgueiras também esteve na luta pelo top-5 à geral, quer na Final 1 quer na Final 2.

Rui Bastos (nº 325), com chassis Birel, mostrou estar mais forte e, tal como na jornada anterior, foi segundo classificado nas duas Finais, enquanto Adelino Sequeira (nº 346-Praga), completou o pódio em ambas.

António Bravo Lima (nº 395), igualmente com chassis Praga, foi quarto classificado na Final 1, à frente de Ilídio Fernandes (nº3800-RK) e de António Rodrigues (nº 373-Birel). Na Final 2, Fernandes foi o quarto classificado, Bravo Lima e de Rodrigues encerraram, respevamet, o top-6.

A quinta e última prova agendada para 19 e 20 de setembro e será disputada no KIRO-Kartódromo do Oeste, no Bombarral.


Todas as classificações da prova em http://www.mylaps.com/en/events/1171651


Texto Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY