KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Mariano Pires vence Final 1… Bruno Ponte a Final 2 e é ‘virtual’ campeão nacional

Mariano Pires vence Final 1… Bruno Ponte a Final 2 e é ‘virtual’ campeão nacional
Races

Com um segundo lugar na Final 1 e uma vitória na Final 2, Bruno Ponte, que à partida para a quarta prova do Campeonato Nacional da categoria Júnior era líder com 38,5 pontos de vantagem face ao segundo classificado, garantiu praticamente o título de campeão nacional. Praticamente, porque é preciso alinhar na quinta e última prova. Mariano Pires sabia que tinha de impor-se ao piloto madeirense. Conseguiu na Final 1, mas na Final 2 a sorte não esteve do seu lado. Alexandre Areia foi terceiro classificado na Final 1 e, na Final 2, José Neves e Simão Ventura também tiveram honras de pódio. Nota para as performances também de Guilherme Gusmão, Rodrigo Ferreira e Gonçalo Branco que garantiram um lugar no top-5.


Mariano Pires (nº 184), com chassis Topkart, surgiu em Viana do Castelo na segunda posição do campeonato e determinado a recuperar o ‘prejuízo’ das rondas anteriores, começando bem a prova, já que estabeleceu a melhor marca nos treinos cronometrados e venceu a primeira corrida de qualificação. Já Bruno Ponte (nº 171), aos comandos de um kart equipado com chassis Zanardi, impôs-se na segunda corrida de qualificação. As duas contendas foram bem animadas, com Simão Ventura (nº 172-Zanardi), José Neves (nº 177-Zanardi), Rodrigo Ferreira (nº 199-Praga), Guilherme Gusmão (nº 167-Topkart), Pedro Silva (nº 153-Tonykart) e Alexandre Areia (nº 169-Praga) rodarem no top-5.


Finais empolgantes

A Final 1 foi bastante empolgante. Mariano Pires conseguiu largar melhor e liderou de princípio a fim, somando um importante vitória. Bruno Ponte garantiu o segundo lugar, mas terminou com Alexandre Areia bem colocado à traseira do seu kart, enquanto Rodrigo Ferreira – autor da volta mais rápida – e José Neves que, na primeira metade na corrida discutiram os lugares da frente, foram os quarto e quinto classificados, respetivamente. Pedro Silva foi sexto classificado e Diogo Costa Pinto (Kosmic), que durante todo o fim de semana teve problemas ao nível dos pneus, mas não só como foi o caso de Gonçalo Branco, que terminou no oitavo lugar, à frente Noah Silva (DR). Simão Ventura e Guilherme Gusmão desentenderam logo na fase inicial da corrida e ‘chocaram’, tendo o piloto de Mira ainda regressado à pista e terminado na 10ª posição, enquanto Guilherme Gusmão teve de ser assistido no local, mas sem leões de maior. Já Melle Owens (Haase), piloto holandês a residir no Algarve, fez a sua estreia no campeonato nacional e foi 11º classificado, sendo o seu objetivo principal evoluir pois começou a praticar karting há pouco mais de seis meses.


Gusmão e Ventura largam das últimas posições e acabam a discutir um lugar no pódio

Se a Final 1 foi empolgante, a Final 2 teve todos os ‘condimentos’ para que ninguém ‘virasse costas’ à corrida. Mariano Pires arrancou bem e liderou até à segunda volta, altura em que foi forçado a desistir com o fio da bobine partido. Um duro golpe para o piloto de Ponte de Lima, apontado como um dos fortes candidatos ao título, mas que agora as hipóteses são francamente mínimas de alcançar o líder Bruno Ponte.

José Neves passou a tomar conta das operações e liderou até à sexta volta, altura em que Bruno Ponte assumiu o comando para não mais o largar, tendo, no entanto, o piloto de Évora um positivo segundo lugar.

Simão Ventura – que rubricou a volta mais rápida – assinou uma bela corrida. O piloto de Mira largou da 10ª posição e conseguiu garantir o terceiro lugar do pódio, no qual esteve até à derradeira volta na posse de Guilherme Gusmão que – devido ao incidente da Final 1 – foi forçado a largar da 12ª e última posição! O piloto de Évora garantiu, contudo, um excelente quarto lugar e Gonçalo Branco voltou a estar em evidência ao fechar o top-5, mostrando um andamento muito positivo.

Alexandre Areia ainda rodou na primeira metade da corrida na terceira posição, mas depois acabou por terminar no sexto posto, à frente de Diogo Costa Pinto, Noah Silva, Melle Owens e Pedro Silva, respetivamente. Já Rodrigo Ferreira, que esteve sempre durante todo o fim de semana sempre nos lugares da frente, foi forçado a abandonar, após a corrente do seu kart se ter soltado.

A quinta e última prova agendada para 19 e 20 de setembro e será disputada no KIRO-Kartódromo do Oeste, no Bombarral.


Todas as classificações da prova em http://www.mylaps.com/en/events/1171651


Texto Filipe Cairrão
Fotos VVL Sport Image

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy