KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Rodrigo Testa estreia-se no lugar mais alto do pódio da Cadete… Rafael Rêgo é líder

Rodrigo Testa estreia-se no lugar mais alto do pódio da Cadete… Rafael Rêgo é líder
Races

O Troféu António Dinis – categoria Cadete, integrado no Campeonato Nacional, à semelhança das jornadas anteriores, foi igualmente muito concorrido na quarta jornada dupla, disputada no Kartódromo de Viana do Castelo, com um total de 22 pilotos. Na pista minhota, Rodrigo Testa foi quem mais se destacou ao vencer as duas Finais, enquanto Rafael Rêgo foi segundo em ambas, conservando a liderança e ficando mais perto de conquistar o título. Luís Alves completou o pódio na Final 1 e Mário Borges conseguiu igual lugar de destaque na Final 2. Duarte Pinto-Coelho e Henrique Cruz integraram o top-5 da jornada minhota, enquanto Marta Castro venceu a classe feminina.


Rafael Rêgo (nº 67), com chassis Energy, foi o mais rápido nos treinos cronometrados completando a melhor volta ao traçado minhoto de 1117 metros em 52,827s, sendo o único a rodar abaixo do segundo 53. O piloto de Odivelas manteve a sua rapidez na primeira manga de qualificação e saiu vitorioso, enquanto na segunda foi Rodrigo Testa (nº 61), com chassis DR, ver a bandeira xadrez no primeiro lugar.

Na Final 1, Rodrigo Testa largou bem da pole-position e ditou o andamento, mas pouco depois um aparatoso incidente à entrada da reta da meta que envolveu Duarte Ferreira – capotou –, Matilde Ferreira, Miguel Couteiro, Francisco Órfão, entre outros pilotos, obrigou à paragem da corrida. No reatamento da corrida, Rodrigo Testa conseguiu manter a primeira posição até final, tendo Rafael Rêgo cruzado a meta logo a seguir com uma desvantagem de apenas 0,111s, sendo o autor da volta mais rápido, o que lhe valeu um ponto extra para a o campeonato. Luís Alves (nº 64), com chassis Haase, garantiu a terceira posição e mais um pódio para o seu palmarés, mas teve forte réplica de Duarte Pinto-Coelho (nº 52-Tonykart) e de Mário Borges (nº 60-Tonykart), os quarto e quinto classificados.

Tomás Ribeiro (nº 79-Ricciardo) esteve igualmente muito forte, terminando na sexta posição, seguindo-se Francisco Dias (nº 91-Mad-croc), Henrique Cruz (nº 87-Energy), Lourenço Marques (nº 54-DR) – que apesar de ter capotado na primeira manga de qualificação não se intimidou em estar rápido na Final 1 – e Tomás Caixeirinho (nº 74-Zanardi) que tiveram honras de completar o top-10. Mas imediatamente a seguir, ou seja, bem perto do top-10, estiveram Tomás Martins (nº 75-DR), José Pinheiro (nº 68-Ricciardo) e Ivan Domingues (nº 89-Mad-Croc).

Marta Castro (nº 71-Birel Art) venceu a classe feminina, tendo a sua opositora Matilde Ferreira (nº 53) não alinhado no reatamento da corrida devido ao aparatoso incidente que aconteceu na segunda volta, felizmente sem consequências físicas, não tendo igualmente participado, naturalmente, Duarte Ferreira e Miguel Couteiro que ficaram com os seus karts muito danificados.


Mário Borges alcança o seu primeiro pódio esta época

Na Final 2, Rafael Rêgo arrancou bem e dominou os acontecimentos até ao último terço de corrida, altura em que Rodrigo Testa passou para o comando para não mais o largar, assinando também a volta mais rápida e mais um ponto para o campeonato. O piloto de Odivelas manteve a segunda posição até final e saiu de Viana do Castelo com a liderança reforçada, sendo agora principal favorito ao título.  

Na luta pela terceira posição estiveram Duarte Pinto-Coelho e Mário Borges, tendo este acabado por levar a melhor, enquanto o piloto de Lisboa somou mais um quarto lugar e preciosos pontos para o campeonato, assim como o piloto da Maia, que foi quinto na Final 1.

Luís Alves – segundo classificado à partida para a prova minhota – esteve nas primeiras voltas na luta pelos lugares da frente, mas acabou por cair para as últimas posições, sendo depois forçado a abandonar a três voltas do final, tendo pior sorte Matilde Ferreira que teve de desistir na volta inaugural. Definitivamente este não era o fim de semana da piloto de Oeiras.

Tomás Ribeiro voltou a estar forte e rodou no quinto lugar até à primeira metade da corrida, altura em que Henrique Cruz assumiu a posição para não mais a largar, tendo o piloto de Fafe, garantindo, novamente um positivo sexto lugar. Após muita luta, pela sétima posição, esta ficou na posse de Tomás Caixeirinho, por troca com Lourenço Marques quando faltavam três voltas para o final. Marques segurou o oitavo posto no qual também rodou João Pinto-Coelho (nº 66-Birel Art) que acabou por terminar no nono lugar e José Pinheiro (nº 68-Ricciardo) – que faz a sua estreia na categoria cadete e ainda tem seis anos de idade – conseguiu terminar no top-10, resistindo às várias investidas da concorrência. Marta Castro voltou a vencer a classe feminina.

A quinta e última prova agendada para 19 e 20 de setembro e será disputada no KIRO-Kartódromo do Oeste, no Bombarral.


Todas as classificações da prova em http://www.mylaps.com/en/events/1171651

Texto Filipe Cairrão
Fotos VVL Sport Image

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy