KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Portugueses em bom plano nas categorias Max e DD2 das Series Rotax em Espanha

Portugueses em bom plano nas categorias Max e DD2 das Series Rotax em Espanha
Races

Na segunda prova das Series Rotax em Espanha, disputada este fim de semana, na pista de Alcañiz, integrada no Complexo de Motorland, em Aragón, as cores nacionais estiveram em particular evidência nas categorias Max e DD2, enquanto os pilotos portugueses que disputaram as categorias Júnior e Mini-Max – praticamente todos ‘rookies’ – prosseguiram a sua evolução.


Luís Cidade (nº 312-Birel Art) – vencedor da prova inaugural –, que alinha pelos espanhóis do Burgueño Kart Team –, voltou a destacar-se na categoria Max, ao obter a quarta posição, tendo Tiago da Silva (nº 309-FA) – do Cabo do Mundo Karteam, com a assistência em Espanha da Arakart –, fechando o ‘top-5’, numa prova em que triunfou o catalão Eduardo García (FA), piloto da Arakart. Pedro Pinto (nº 307-Tonykart) como habitualmente integrado na equipa QZ Racing Team, desta vez não teve muita sorte e concluiu a jornada de Aragón no 13º lugar.


Eduardo Leitão sétimo classificado na DD2

Eduardo Leitão (nº 424) que regressou às competições de Karting em solo espanhol para disputar a categoria DD2, cujos karts são dotados de caixa de velocidades, sobretudo com o objetivo de testar um chassis Birel Art – com o apoio da Motocane Competições –, rodou nos lugares da frente, mas acabou por terminar na sétimo lugar, enquanto o vencedor foi o catalão Oriol Dalmau (Tonykart), seu rival do piloto de Lisboa no Rotax Max Challenge em Portugal.  

Os luso-descentes António Teixeira (nº 456) e Manuel Teixeira (nº 465), a residir na suíça, irmãos que tiveram nesta prova a companhia do pai Tony Teixeira (nº 546) a competir na DD2 Master (para pilotos com idade igual ou superior a 32 anos), correndo todos com Birel Art, foram os 14º e 26º classificados, respetivamente. Entre os Masters, Fernando Costa (nº 537-Praga) terminou a prova de Alcañiz na sétima posição e Tony Teixeira no oitavo posto, tendo Jesus Perez-Santander (FA), da Arakart, garantido o lugar mais alto do pódio.


Pilotos portugueses prosseguiram evolução na Júnior e na Mini-Max

Na categoria Júnior, uma das mais concorridas das Series Rotax Espanha, com 36 pilotos, Portugal teve quatro representantes. O ‘rookie’ Gonçalo Coutinho (nº 268-FA) – do Cabo do Mundo Karteam, com a assistência em Espanha da Arakart – garantiu o 14º lugar, Guilherme Gusmão (nº 217-Topkart), com assistência de Carlos Duarte, e Rodrigo Ferreira (Praga) do Paulo Pita Racing Team, igualmente estreantes na Júnior, foram os 16º e 23º classificados, respetivamente. Menos sorte teve Alexandre Areia (nº 269-Praga), do Paulo Pita Racing Team, já que após abandono logo na primeira Final, acabou por ser o 31º posicionado, numa prova em que se impôs o valenciano Ruben Sabater (FA).

Na igualmente concorrida categoria Mini-Max, Francisco Vilaverde (nº 121-Praga) que está a realizar uma época muito positiva integrado no Paulo Pita Racing Team, foi 14º classificado e Guilherme de Oliveira (nº 144-FA) – do Cabo do Mundo Karteam, com a assistência em Espanha da Arakart –, estreante em competições oficiais este ano e que fez a sua primeira internacionalização, obteve um positivo 17º lugar. Frederico Peters (nº 157-Topkart), que também tem assistência de Carlos Duarte, regressou às competições em Espanha, mas tal como Gabriel Caçoilo (nº 121-FA) que conta com a assistência de Paulo Caçoilo, enfrentaram algumas contrariedades, pelo que concluíram a prova nas 20ª e 23ª posições, respetivamente, tendo a vitória ficado na posse do catalão Quique Bordas (Tonykart), da equipa Kids To Win. Na categoria Micro-Max – sem representantes lusos – triunfou o madrileno Eduardo Lukács (Birel Art), da formação Kartban Motorsport.


Texto Filipe Cairrão

Fotos VVL Sport Image

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY