KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

David Simões vence em Viana do Castelo e é o novo líder da categoria Micro-Max

David Simões vence em Viana do Castelo e é o novo líder da categoria Micro-Max
Races

David Simões venceu a terceira prova da categoria Micro-Max do Rotax Max Challenge 2015 e passou para a liderança. No Kartódromo de Viana do Castelo, sob organização do Motorsport Viana Clube, Duarte Pinto-Coelho garantiu o lugar intermédio do pódio e Luís Alves a terceira posição, à frente de Gonçalo Maia e José Barros que fecharam o top-5, entre uma simpática lista de 15 participantes.



David Simões, aos comandos de um kart equipado com chassis Praga, com dois segundos lugares nas Finais 1 e 2 e uma vitória na Final 3, garantiu o lugar mais alto do pódio da categoria Micro-Max que, na terceira jornada do Rotax Max Challenge, voltou a ser uma das classes mais interessantes de seguir. Isto depois de Luís Alves (Haase) vencer a Final 1 e de Duarte Pinto-Coelho (Tonykart) – o mais rápido nos treinos cronometrados, 51,397s – triunfar na Final 2.
Mas o facto da Micro-Max ter sido uma das categorias mais animadas não se esgota apenas no facto de existirem três vencedores diferentes nas Finais, dado que outros pilotos também se intrometeram quer na luta pela vitória quer pelos lugares de maior destaque: Gonçalo Maia (Intrepid), José Barros (FA), Adriàn Malheiro (CRG) – o mais rápido na Final 1,51,378s –, José Alexandre Sousa (Haase), Pedro Rilhado (Formula K), Rodrigo Testa (DR), Tomás Ribeiro (Ricciardo), Manuel Pais Vieira (FA) – o mais rápido na Final 2, 51,713s – e Duarte Simões (Praga), que completaram o top-12, respetivamente, são exemplos disso mesmo, mas contrariedades mecânicas, incidentes de corrida ou penalizações, impediram-nos de ir mais além. Na Final 3, a volta mais rápida foi assinada por Luís Alves em 51,570s.
José Pinheiro (Ricciardo) – o mais novo do pelotão com seis anos de idade – prosseguiu a sua evolução e o seu colega de equipa, João Mendes (Ricciardo), que fez a sua estreia numa corrida oficial do calendário da FPAK, enfrentou alguns contratempos, como o facto de não ter evitado um pião na Final 1. Mas esta foi a sua primeira prova, pelo que melhores corridas virão. E melhores para provas também Diogo Sousa (Haase) também certamente que surgiram, dado que igualmente com problemas, acabou por não disputar as três corridas, alinhando apenas nos reinos cronometrados.
Um dos momentos marcantes da prova foi a Final 2, já que Luís Alves e Gonçalo Maia, primeiro e terceiro classificados na Final 1, respetivamente, desenterram-se e tocaram-se quando lideravam a corrida relativamente isolados. Maia acabou por descer à nona posição e Alves à 12ª. Pinto-Coelho também se pode queixar de algum infortúnio na Final 1, mas ainda conseguiu recuperar o ‘prejuízo’ nas restantes.
David Simões, pela sua regularidade e persistência, em que também não escapou a alguns incidentes de corrida, acabou por ser um justo vencedor e é agora o novo líder da categoria mais concorrida da edição 2015 do Rotax Max Challenge.     
A quarta e penúltima prova está agendada para 5 de julho e será disputada no Kartódromo Internacional de Braga.
Todas os resultados da prova em http://www.korridastol.com e classificação após a terceira jornada em anexo. Recordamos, contudo, que serão contabilizadas para efeitos de classificação final 13 das 15 corridas.

Filipe Cairrão
VVL Sport Image

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY