KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Bruno Ponte vence e é o novo líder do Campeonato Nacional Júnior

Bruno Ponte vence e é o novo líder do Campeonato Nacional Júnior
Races

Bruno Ponte venceu a Final 1 e foi segundo na Final 2 na segunda jornada dupla do Campeonato Nacional da categoria Júnior e é agora o novo líder da competição. No Kartódromo de Fátima, sob a organização do Núcleo de Desportos Motorizados de Leiria (NDML), Mariano Pires foi segundo classificado na Final 1 e ‘rookie’ Rodrigo Ferreira completou o pódio. Na Final 2, venceu o brasileiro Rua Belizario, Ponte foi segundo e Alexandre Areia encerrou as presenças no pódio.

 

Bruno Ponte (nº 171) iniciou bem a segunda jornada dupla do Campeonato Nacional de Karting, ao rubricar na pista de Fátima o melhor tempo nos treinos cronometrados, somando o ‘apetecível’ ponto extra para a classificação geral.
Na primeira corrida de qualificação, Diogo Costa Pinto com um ‘arranque-canhão’ desde o quarto lugar, assumiu a liderança, mas após cumprir a primeira volta – o traçado tinha parte secas e outras ‘molhadas’ – despistou-se no final da reta da meta e ficou ‘retido na gravilha’ algum tempo até regressar à pista, mas depois viria a entrar nas boxes.
Bruno Ponte também se despistou-se na mesma volta e local, mas conseguiu prosseguir a corrida, recuperou da oitava até à terceira posição e ainda estabeleceu a volta mais rápida. Mariano Pires (nº 184) venceu com naturalidade e o Ruan Belizario (nº 191) foi segundo classificado. José Neves terminou na quarta posição, à frente do ‘rookie’ Rodrigo Ferreira, Alexandre Areia, Guilherme Gusmão, Gonçalo Branco e Noah Silva (também estreantes na categoria), enquanto Simão Ventura, numa altura em que era quinto classificado na segunda volta, recebeu ordens da equipa para sair para a boxes, já que tinha o tubo de água danificado e poderia partir o motor.
Na segunda manga de qualificação, Mariano Pires voltou a somar nova vitória, liderando de princípio a fim, garantindo a pole-position para a Final 1. Bruno Ponte esteve no seu encalce até à 7ª volta, altura em que viu partir a corrente, sendo forçado a desistir. Rodrigo Ferreira (nº 199) terminou na segunda posição, à frente de Belizario, Costa Pinto, Areia, Ventura, Branco e Silva, enquanto Gusmão e Neves abandonaram, depois de não terem evitado um choque logo no início da corrida.


‘Rookie’ Rodrigo Ferreira no pódio da Final 1
Mariano Pires aproveitou bem a pole-position para liderar as primeiras três voltas da Final 1, tendo depois cedido ao andamento de Bruno Ponte que não mais largou a primeira posição até à bandeira xadrez.
Mariano Pires garantiu o segundo lugar e Diogo Costa Pinto cruzou a meta no terceiro posto, sendo depois desclassificado por irregularidade técnica. Rodrigo Ferreira que terminou imediatamente a seguir, logrou conquistar o seu primeiro pódio no ano de estreia a correr na categoria Júnior do Campeonato Nacional, enquanto Alexandre Areia foi quarto classificado e Ruan Belizardo cruzou a meta na quinta posição. José Neves, Simão Ventura, Guilherme Gusmão, Gonçalo Branco e Noah Silva fecharam, respetivamente, o top-10.

Ruan Belizario vence Final 2
Na Final 2, o brasileiro Ruan Belizario apostou em pneus slicks e foi bem-sucedido, garantindo uma vitória incontestável, enquanto os restantes optaram em pneus de chuva, não surtindo efeito, já que a pista começou a secar.
Bruno Ponte foi o segundo a ver a bandeira xadrez e Alexandre Areia também conquistou o seu primeiro pódio esta época para o Campeonato Nacional. Guilherme Gusmão e Simão Ventura estiveram sempre na luta pelo pódio, mas acabaram por fechar, respetivamente, fechar o top-5.
Gonçalo Branco obteve um positivo sexto lugar, à frente de Diogo Costa Pinto e de Noah Silva.
José Neves estava a cinco voltas do final na luta pelo terceiro lugar, mas acabou por despistar-se na tentativa de ganhar uma posição. De pouca sorte também se pode queixar Rodrigo Ferreira, já que o seu motor não ‘pegou’ na pré-grelha, tendo no entanto alinhado na corrida, mas depois foi a vez de ser traído pela corrente na oitava volta, ditando o seu abandono.
Mariano Pires não foi nada feliz nesta corrida, pois ficou sem travões logo na segunda volta, tendo ingloriamente de entrar em definitivo nas boxes. 
A terceira jornada dupla do Campeonato Nacional de Karting esta agendada para 6 e 7 de junho e será disputada no Kartódromo Internacional de Braga, sob a organização do Clube Automóvel do Minho (CAM).


Classificação
Final 1: 1º Red Line Motorsport/Bruno Ponte (Zanardi), 18 voltas em 18m17,775s; 2º Mariano Pires (Topkart), a 4,775s; 3º Rodrigo Ferreira (Praga), a 9,901s; 4º Alexandre Areia (Praga); 5º Tonykart Portugal/Ruan Belizario (Tonykart); 6º Team FCK Motorsport/José Neves (Zanardi); 7º Team FCK Motorsport/Simão Ventura (Zanardi); 8º Guilherme Gusmão (Topkart); 9º Gonçalo Branco (Zanardi); 10º Noah Silva (DR). Volta mais rápida: B. Ponte, 51,979 à média de 60,799 km/h. Treinos cronometrados: B. Ponte, 47,192s.

Final 2: 1º R. Belizario, 18 voltas em 16m01,755s; 2º B. Ponte; 3º A. Areia; 4º G. Gusmão; 5º S. Ventura; 6º G. Branco; 7º Winway Kosmic Portugal/Diogo Costa Pinto (Kosmic); 8º N. Silva; 9º J. Neves; 10º R. Ferreira; 11º M. Pires. Volta mais rápida: R. Belizario, 48,845s à média de 69,398 km/h.

Observação: Alguns parciais não disponíveis nas folhas de tempos.
Nota: Todos os karts equipados com motores Iame.


Filipe Cairrão
Fotos VVL Sport Image

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY