KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Rafael Rêgo e Luís Alves vencem TAD-Categoria Cadete

Rafael Rêgo e Luís Alves vencem TAD-Categoria Cadete
Races

Rafael Rêgo venceu a Final 1 da segunda jornada dupla do Troféu António Dinis – categoria Cadete, integrado no Campeonato Nacional, disputada este fim de semana, tendo Tomás Caixeirinho e Lourenço Marques completado o pódio. Já na Final 2 impôs-se Luís Alves, enquanto Adrian Malheiro e Rafael Rêgo foram os segundo e terceiro classificados, respetivamente. Tomás Caixeirinho é agora o novo líder, por troca com Adrian Malheiro.



Numa prova disputada por 24 pilotos, no Kartódromo de Fátima, a organização a cargo do Núcleo de Desporto Motorizados de Leiria (NDML) não teve tarefa fácil. As condições atmosféricas muito adversas não ajudaram nem a direção de prova, nem pilotos, equipas e mecânicos que contestaram algumas decisões.

Luís Alves mais rápido nos ‘cronos’ e vitorioso nas corridas de qualificação
No que diz respeito ao que se passou em pista, no primeiro dia de competição – sábado –, Luís Alves (nº 64) foi o mais rápido nos treinos cronometrados, amealhando logo aí um ponto extra para a classificação geral do campeonato, estando também aqui em destaque Rafael Rego (nº 67) e Tomás Caixeirinho (nº 74), os únicos a rodaram abaixo do segundo 54.
Luís Alves venceu a primeira corrida de qualificação, tendo o piloto da Red Line Motorsport repetido o triunfo na segunda, garantindo a pole-position para a Final 1.

Rafael Rêgo vence Final 1
Na Final 1, Rafael Rêgo arrancou bem e liderou a primeira volta, mas logo a seguir Luís Alves passou para o comando. Na 8ª volta, na curva do final da reta da meta, Luís Alves e Rafael Rêgo tocaram-se, tendo Alves saído irremediavelmente fora de pista, enquanto Rêgo prosseguiu a corrida para ser o primeiro a ver a bandeira xadrez, assinando também a volta mais rápida, valendo-lhe um ponto extra para as contas do campeonato.
Tomás Caixeirinho garantiu a segunda posição e Lourenço Marques (nº 54) completou o pódio, tendo Adrian Malheiro (nº 77) e Henrique Cruz, terminado nas quarta e quinta posições.
Mário Borges – que esteve forte na primeira corrida de qualificação ao ser quarto classificado, mas sem sorte na segunda, pois não evitou um pião quando era quinto classificado face às condições da pista, caindo para 13º ¬ garantiu o sexto lugar, à frente de Francisco Dias, João Pinto Coelho, Rodrigo Testa e Duarte Ferreira, respetivamente. Dias, Pinto Coelho, Testa e Ferreira não tiveram sorte nas mangas de qualificação e mais tarde na Final 2 – ora por despiste pelo traçado estar molhado ora por incidentes –, mas conseguiram terminar no top-10.
Mas não foram os únicos pilotos que enfrentaram várias contrariedades. Tomás Martins que assinou um positivo 6º lugar na primeira manga de qualificação e foi 9º na segunda, assim como Duarte Pinto Coelho (7º na primeira e 3º na segunda), sem esquecer Tomás Ribeiro (9º e 4º classificado), não foram felizes na Final 1.

Outros Infortúnios
Pior sorte tiveram Matilde Ferreira, José Barros e Enzo Canadas forçados a desistir logo na primeira corrida de qualificação. Miguel Couteiro, Frederico Pinto Coelho e José Pinheiro – os mais novos do pelotão –, sendo que Pinheiro ainda tem 6 anos de idade, continuam a evoluir e a esgrimir argumentos da melhor forma que podem, mas numa prova nada fácil face às condições atmosféricas.
Francisco Órfão estreou-se na competição e obteve boas classificações quer na Final 1 quer na Final 2, ao ser 12 e 13º classificado, respetivamente. Ivan Domingues, também estreante, foi 14º na Final 1, mas forçado a abandonar na Final 2.
Na classe feminina, Marta Figueiredo e Castro (nº 71) – que faz a sua estreia no Karting –, venceu as duas Finas, mas não teve uma prova nada fácil, tal como Matilde Ferreira (nº 53), com vários azares.
Nota para a estreia do moçambicano Lagson Leão que garantiu um lugar no meio da tabela classificativa quer na Final 1 quer na Final 2.

Luís Alves largou da 22ª posição… mas venceu Final 2
Na Final 2, Luís Alves apesar de arrancar da 22ª posição devido ao abandono na Final 1, foi recuperando posições e à entrada para a segunda parte da corrida, assumiu a liderança – por troca com Adrian Malheiro – e não mais a largou até ser o primeiro a ver a bandeira xadrez. Malheiro garantiu o segundo lugar e Rafael Rêgo foi terceiro.
Mário Borges garantiu a quarta posição - sempre na luta por um lugar no pódio -, tendo o piloto da Maia rubricado a volta mais rápida, somando assim mais um ponto para a classificação geral do campeonato.
Tomás Caixeirinho foi o quinto classificado – lugar que lhe permitiu para a liderança da competição, enquanto Henrique Cruz, Lourenço Marques, Tomás Martins, Tomás Ribeiro e Francisco Dias encerraram o top-10.
Os ‘bravos’ do pelotão da categoria mais concorrida do Campeonato Nacional – 24 nesta prova, mas alguns não puderam estar presentes – vão disputar a terceira prova nos dias 6 e 7 de junho, no Kartódromo Internacional de Braga, sob a organização do Clube Automóvel do Minho (CAM).
  
Classificações

Final 1: 1º Rafael Rego (Energy), 12 voltas em 12m44,130s; 2º Tomás Caixeirinho (Zanardi), a 2,424s; 3º Lourenço Marques (DR), a 5,755s; 4º Adrian Malheiro (CRG), a 6,405s; 5º Henrique Cruz (Energy), a 6,572s; 6º Mário Borges (Topkart), a 9,200s; 7º Francisco Dias (Mad-Croc); 8º João Pinto Coelho (Birel Art); 9º Rodrigo Testa (DR); 10º Duarte Ferreira (Zanardi); 11º Tonykart Portugal/Duarte Pinto Coelho (Tonykart); 12º José Barros; 13º Francisco Orfão; 14º Ivan Rodrigues (Mad-Croc); 15º Tonykart Portugal/Enzo Canadas (Tonykart); 16º Tomás Martins (DR); 17º Lagson Leão (Topkart); 18º Miguel Couteiro (Zanardi); 19º Tomás Ribeiro (Ricciardo); 20º Frederico Pinto Coelho (Birel Art); 21º José Pinheiro (Ricciardo); 22º Red Line Motorsport/Luís Alves (Haase); 23º Marta Figueiredo Castro (Birel Art) – 1ª classe feminina; 24º Matilde Ferreira (DR). Volta mais rápida: R. Rego, 53,882s à média de 58,231 km/h. Treinos cronometrados: L. Alves, 53,393s.

Final 2: 1º L. Alves, 12 voltas em 13m21,495s; 2º A. Malheiro, a 1,175s; 3º R. Rego, a 1,318s; 4º M. Borges, a 2,908s; 5º T. Caixeirinho, a 5,496s; 6º H. Cruz, a 5,657s; 7º L. Marques, a 6,024s; 8º T. Martins, a 7,491s; 9º T. Ribeiro, a 7,671s; 10º F. Dias, a 12,042; 11º D. Ferreira, a 19,682; 12º F. Orfão, a 22,544s; 13º J. Pinheiro, 33,992s; 14º J. Barros, a 41,553s; 15º L. Leão, a 42,096s; 16º F. Pinto Coelho, a 43,005s; 17º M. Couteiro, a 48,729s; 18º R. Testa, a 3v.; 19º M. Figueiredo Castro, a 4v. – 1ª classe feminina; 20º D. Pinto Coelho, a 6v.; 21º I. Domingues, a 8v.; 22º M. Ferreira (DR), 9v.; 23º J. Pinto Coelho, a 11v.;  24º E. Canadas, a 11v.. Volta mais rápida: M. Borges, 53,899s à média de 55,516s.
Observação: Alguns parciais não disponíveis nas folhas de tempos.
Nota: Todos os karts equipados com motores Iame.


Filipe Cairrão
Fotos VVL Sport Image


OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy