KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

José João Oliveira colheu os louros na categoria Júnior… e é o novo líder

José João Oliveira colheu os louros na categoria Júnior… e é o novo líder
Races

A categoria Júnior foi uma das mais atribuladas na segunda prova do Rotax Max Challenge, disputada no Kartódromo de Fátima, com a organização a cargo do Motorsport Viana Clube. José João Oliveira garantiu o lugar mais alto do pódio e é o novo líder da categoria Júnior.



Miguel Vieira (nº 202) surgiu no traçado de Fátima com um ritmo muito forte, rubricando nos treinos cronometrados o melhor tempo em 46,722s. Na Final 1, Vieira deu continuidade ao seu andamento e venceu – sendo o autor da volta mais rápida – apesar de ter sofrido uma penalização de cinco segundos. Mas já lá vamos…
Bruno Ponte foi o segundo classificado e José João Oliveira o terceiro, à frente de Mariano Pires. Contudo, Pires sofreu um toque de Vieira quando liderava – daí a penalização de cinco segundos –, mas o piloto de Ponte de Lima também viria a ser penalizado com cinco segundos, caindo do segundo lugar para quarto, por não ter evitado o choque com Gonçalo Coutinho, imediatamente a seguir ao incidente com Vieira. Coutinho ficou com o maior prejuízo, já que regressou à pista, mas depois foi forçado a abandonar na quinta volta. João Serrão continua a evoluir e fechou o top-5.
Na Final 2, novo incidente: Gonçalo Coutinho tenta passar Bruno Ponte na primeira volta, mas não evita o ‘choque’ com o piloto madeirense, tendo ambos ficado irremediavelmente fora de pista.

Vieira voltou a triunfar e a assinar a volta mais rápida, Pires e Oliveira foram uns tranquilos segundo e terceiro classificados, respetivamente. Já Alexandre Areia venceu no duelo com Pedro Silva na luta pela quarta posição.
Na Final 3, Pires largou melhor e no seu encalce estiveram Vieira, Oliveira, Coutinho, Ponte, Areia e Silva, mas à sexta volta, Vieira passou para o comando e à 10ª foi a vez de José João Oliveira assumiu em definitivo a liderança.
Vieira foi o segundo a ver bandeira, à frente de Ponte, Coutinho e Pires, mas tanto Vieira como Pires viriam a ser desclassificados pelo Colégio de Comissários Desportivos, que entendeu que os dois pilotos foram ‘trocando’ toques entre si.
Assim, quem secundou Oliveira foi Ponte e Coutinho – autor da volta mais rápida –  garantiu a terceira posição, tendo Areia e Silva fechado o top-5.
No somatório dos resultados das três finais, José João Oliveira (nº 220) colheu os louros, Bruno Ponte (nº 271) foi segundo classificado e Alexandre Areia (nº 269) conquistou o seu primeiro pódio, piloto de Esposende que se iniciou no Karting no ano passado. Pedro Silva, mesmo enfrentando algumas dificuldades, garantiu o quarto lugar e o estreante João Serrão encerrou o top-5. Guilherme Gusmão foi sexto classificado, mas também debateu-se com algumas contrariedades, assim como Gonçalo Simão que está igualmente a dar os primeiros passos no Karting.             
A terceira prova do Rotax Max Challenge 2015 está agendada para 24 de maio e será disputada no Kartódromo de Viana do Castelo.

Classificação Final: 1º José João Oliveira (Tonykart), 99; 2º Bruno Ponte (Haase), 92; 3º Alexandre Areia (Praga), 90; 4º Pedro Silva (Intrepid), 87; 5º João Serrão, (Formula K), 87; 6º Guilherme Gusmão (Topkart), 86; 7º Gonçalo Coutinho (FA), 82; 8º Gonçalo Simão (Tonykart), 80; 9º Miguel Vieira (Intrepid), 70; 10º Mariano Pires (Zanardi), 64.

Rotax Max Challenge após 2ª prova: 1º J. João Oliveira, 198 pontos; 2º G. Coutinho, 176; 3º P. Silva, 175; 4º B. Ponte, 174; 5º A. Areia, 173; 6º G. Gusmão, 171; 7º M. Pires, 169; 8º J. Serrão, 168; 9º M. Vieira, 163; 10º G. Simão, 158.
Nota: Para efeitos de classificação final, das 15 Finais serão considerados os pontos das 13 melhores.

Filipe Cairrão
VVL  Sport Image


OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY