KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Mariano Pires faz ‘dobradinha’ na categoria X30 Júnior

Mariano Pires faz ‘dobradinha’ na categoria X30 Júnior
Races

Primeiro nos treinos cronometrados e segundo nas duas mangas de qualificação, Mariano Pires (184) bateu toda a concorrência na Final 1. O piloto de Ponte de Lima arrancou muito bem e não largou o comando até à bandeira xadrez, repetindo igual feito na Final 2.



Na Final 1, Diogo Costa Pinto (180) rodou na segunda posição, mas depois Bruno Ponte (171) – que venceu as duas corridas de qualificação –, assumiu o lugar para não mais o largar até final, sendo o autor da volta mais rápida em 45,931s, o que lhe valeu mais um ponto para as contas do campeonato. Diogo Costa Pinto completou o pódio.
Luta titânica pelo quarto lugar entre Simão Ventura, José Neves, Rodrigo Ferreira e Alexandre Areia. Após várias trocas de posição, Ventura acabou por levar a melhor, Neves garantiu o quinto lugar, à frente de Rodrigo Ferreira e Alexandre Areia.
Guilherme Gusmão não foi muito feliz nesta contenda. Ainda rodou nos lugares cimeiros, mas viria depois a terminar na nona posição, à frente de João Serrão, piloto que se estreia este ano no campeonato nacional. Gonçalo Branco foi forçado a abandonar devido a um toque.

Bruno Ponte e Diogo Costa Pinto completaram os pódios

A Final 2 foi uma cópia da primeira, com Mariano Pires a largar da pole-position e a dominar todos os acontecimentos, tendo Bruno Ponte garantido o segundo lugar e Diogo Costa Pinto completado o pódio. A volta mais rápida foi desta vez estabelecida por Mariano Pires, com a marca de 46,061s, tendo assim o piloto de Ponte de Lima somado mais um ponto para o campeonato, tal como já havia garantido mais um por ter sido o mais rápido nos treinos cronometrados.
A luta pelas restantes posições foi bem animada. Simão Ventura manteve no quarto lugar até à 9ª volta, altura em que foi forçado a desistir devido a toque, tendo Alexandre Areia assumido a posição do piloto de Mira para não mais o largar.
José Neves fechou o top-5, à frente de Guilherme Gusmão que deu muita luta, tendo Rodrigo Ferreira, Gonçalo Branco e João Serrão terminado, respetivamente, nas posições seguintes.

Texto: Filipe Cairrão
Fotos VVL Sport Image


Classificação

Final 1: 1º Mariano Pires (Topkart), 17 voltas em 13m10,548s; 2º Red Line Motorsport/Bruno Ponte (Zanardi), a 0,275s; 3º Winway Kosmic Portugal/Diogo Costa Pinto (Kosmic), a 4,041s; 4º Team FCK Motorsport/Simão Ventura (Zanardi), a 13,546s; 5º Team FCK Motorsport/José Neves (Zanardi), a 13,829s; 6º Alexandre Areia (Praga), a 15,483s; 7º Rodrigo Ferreira (Praga), a 16,807s; 8º Guilherme Gusmão (Topkart), a 23,436s; 9º João Serrão (Formula K), a 25,008s; 10º Gonçalo Branco (Zanardi), a 9v.. Volta mais rápida: B. Ponte, 45,931s à média de 86,472 km/h. Treinos cronometrados: M. Pires, 45,779s.

Final 2: 1º M. Pires, 17 voltas em 13m10,485s; 2º B. Ponte, a 4,215s; 3º D. Costa Pinto, a 5,554s; 4º A. Areia, a 10,762s; 5º J. Neves, a 13,989s; 6º G. Gusmão, a 14,244s; 7º R. Ferreira, a 17,406s; 8º G. Branco, a 24,799s; 9º J. Serrão, a 25,833s; 10º S. Ventura, a 8v.. Volta mais rápida: M. Pires, 46,061s à média de 86,479 km/h.
Nota: Todos os karts equipados com motores Iame.

OKKART srl © COPYRIGHT 2018 | VAT IT02629390598 | Privacy Policy - Cookies Policy