KARTING

EMOÇÃO e PAIXÃO

FacebookTwitterInstagramYoutubePocketMags

Luís Alves vence Micro-Max… a categoria mais concorrida

Luís Alves vence Micro-Max… a categoria mais concorrida
Races

A primeira prova do Rotax Max Chalenge Portugal 2015 da categoria Micro-Max, a mais concorrida com 15 pilotos, foi das mais interessantes de assistir, no Kartódromo Internacional de Braga. Luís Alves (64) garantiu o primeiro lugar, enquanto Manuel Pais Vieira (73) e José Alexandre Sousa (65) completaram o pódio.



Manuel Pais Vieira garantiu a pole-position com a marca de 1m03,272s, mas na Final 1 Gonçalo Maia largou bem e assumiu a liderança, tendo depois, na segunda volta, Luís Alves passado em definitivo para o comando. Maia acabaria por ser forçado a abandonar na terceira volta, assim como Tomás Ribeiro.
Contudo, Luís Alves, por alegada saída parcial dos corredores, foi penalizado em três segundos e caiu para o terceiro posto, tendo Adrian Malheiro ficando na posse da primeira posição e Manuel Pais Vieira com o segundo lugar, à frente de José Alexandre Sousa (65) e do estreante Duarte Pinto Coelho (52), que encerrou o top-5.
Na Final 2, Manuel Pais Vieira largou bem e liderou a primeira volta, cedendo na seguinte o comando ao luso-espanhol Adrian Malheiro que acabou por cruzar a meta na primeira posição. O piloto do Porto foi terceiro classificado, atrás de Luís Alves. David Simões viu a bandeira xadrez na quarta posição – apesar de largar do nono posição, após penalização de 10 segundos por alegadamente ter saído totalmente dos corredores na partida –, enquanto Pedro Rilhado foi quinto classificado, à frente de José Alexandre Sousa, que foi penalizado em três segundos por saída parcial dos corredores, assim como Duarte Pinto Coelho.
Adrian Malheiro voltou a ser o primeiro a ver a bandeira xadrez na Final, mas viria a ser desclassificado devido a uma irregularidade técnica. Luís Alves saiu vitorioso, Manuel Pais Vieira foi segundo classificado, à frente de José Alexandre Sousa, enquanto Gonçalo Maia e Rodrigo Testa, que largaram das 10ª e 8ª posições, respetivamente, foram os quarto e quinto classificados. David Simões foi forçado a abandonar, tal como Pedro Rilhado, devido a incidente logo após a largada.
Para efeitos de classificação final, atendendo aos resultados das três corridas, Luís Alves garantiu o lugar mais alto do pódio, Manuel Pais Vieira foi segundo e José Alexandre Sousa a terceira posição, tendo o piloto de Oliveira de Azeméis mostrado muita rapidez. Já Rodrigo Testa (61) foi o quarto classificado e Duarte Pinto Coelho, fechou o top-5, apesar de ter sido forçado a abandonar na terceira volta da Final 3.
Nota final para a participação de José Pinheiro, que apesar de ter completado apenas seis anos de idade no final de 2014, não se intimidou com a concorrência mais experiente. Destaque igualmente para o jovem piloto Pedro Carvalho, que apesar da prova não lhe ter corrido da melhor forma, na Final 3 cruzou a meta com os braços erguidos, mostrando enorme ‘fair-play’.

Classificação Final:

  • 1º Red Line Motorsport/Luís Alves (Haase), 100 pontos;
  • 2º Cabo do Mundo Karteam/Manuel Pais Vieira (FA), 98;
  • 3º José Alexandre Sousa (Haase), 92;
  • 4º Rodrigo Testa (DR), 85;
  • 5º Duarte Pinto Coelho (Maranello), 81;
  • 6º Duarte Simões (Praga), 80;
  • 7º Gonçalo Maia (Intrepid), 79;
  • 8º David Simões (Praga), 79;
  • 9º Pedro Rilhado (Formula K), 79;
  • 10º Red Line Motorsport/José Barros (Haase), 72;
  • 11º Diogo Sousa (Haase), 72;
  • 12º Pedro Carvalho (Praga), 71;
  • 13º José Pinheiro (Birel), 71;
  • 14º Adriàn Malheiro (CRG), 70;
  • 15º Tomás Ribeiro (Birel), 79.

Texto: Filipe Cairrão
Fotos: VVL Sport Image

OKKART srl © COPYRIGHT 2016 | P.IVA 02629390598 | PRIVACY POLICY